Ratinho que nos perdoe, mas essa é nossa: a coluna LeoDias conseguiu acesso exclusivo ao resultado do teste de paternidade que envolve Gusttavo Lima e Eloá Soares. Em fevereiro deste ano, a farmacêutica afirmou ter engravidado do sertanejo aos 16 anos, quando ele tinha 15.

Segundo o documento, Gusttavo Lima não é o pai da menor de idade, filha de Eloá Soares. Assim que este espaço soube que o resultado estava disponível, procurou pelo advogado do cantor, que não nos deu retorno. Fontes desta coluna, no entanto, tiveram acesso a resposta tão aguardada. Nossa equipe pôde apurar que as amostras de sangue colhidas foram analisadas duas vezes, por equipes diferentes, para que houvesse a prova e contraprova do resultado, que deu negativo.

Desta forma, o Embaixador não é o pai biológico da adolescente, como ele mesmo havia apontado em fevereiro. Na época, Eloá afirmou que ela e Gusttavo se conheceram em Franca, interior de São Paulo, em uma escola de música. O encontro dos dois teria acontecido em setembro de 2004, quando a farmacêutica tinha 16 anos e o sertanejo, 15.

O relato da farmacêutica foi refutado pelo cantor e sua equipe desde o início do ano. No ano de 2004 (data em que é citado o primeiro encontro) o cantor Gusttavo Lima contava com 15 anos de idade e vivia com seus pais e irmão numa pequena comunidade rural no interior de Minas Gerais. Na época, até mesmo por falta de recursos financeiros, o artista sequer conhecia alguma cidade do interior paulista. Portanto, a história levantada não procede”, escreveram.