O neurocirurgião Igor Yssao Moreira Yamamura, de 38 anos, morreu na tarde de domingo (30), após sofrer uma parada cardiorrespiratória, enquanto estava em uma pousada na região do Lago do Manso, em Chapada dos Guimarães (67 km de Cuiabá).

As informações são de que o médico estava na pousada na companhia de amigos. No período da manhã, ele teria relatado que não estaria muito bem.

Com isso, ele preferiu não acompanhar os demais em um passeio. No final da tarde, quando os amigos voltaram do passeio, encontraram Igor caído ao lado da cama no quarto.

Uma equipe do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) foi encaminhada e fez o resgate do médico, mas ele já estava sem sinais vitais.

Por meio de nota, o prefeito de Várzea Grande, Kalil Baracat (MDB) lamentou a morte do cirurgião que integrava a equipe do Pronto-Socorro do município.

“A família enlutada os sentimentos de pesar e a certeza de que o mesmo agora está sentado à direita de Deus Pai todo Poderoso, abençoando a todos que aqui ainda permanecem”, escreveu prefeito em publicação no Instagram.

Ygor se formou na UFMT, em 2007, e se especializou em neurocirurgia pela Santa Casa de Campo Grande.

O corpo do médico será velado em Várzea Grande, nesta segunda (1), na Capela Santo Antônio.

O Saiba Tudo Mato Grosso (MT) é um site sem vínculos partidários, sem preconceitos ideológicos e não está a serviço de grupos econômicos. O nosso valor é a qualidade da informação.