Está com sintomas de Covid ou teve contato com alguém infectado e quer fazer o teste?

Apesar de vivermos uma nova alta nos casos provocada pela variante ômicron, não houve mudança na orientação sobre prazos para os testes, segundo o presidente da Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI), Alberto Chebabo.

Há duas situações principais a serem consideradas: testar após ter sintomas ou depois de ter contato com alguém que testou positivo:

• Primeiro dia de SINTOMAS: teste RT-PCR, considerado padrão-ouro (leia detalhes mais abaixo), porque a chance de um falso negativo, principalmente no teste de antígeno, é grande.

• Segundo dia de SINTOMAS em diante: o teste de antígenos já pode dar positivo, mas, se mesmo com sintoms você receber um resultado negativo, o ideal é confirmar o resultado com um PCR ou repetir o teste de antígeno em 1 ou 2 dias.

• Se você apenas teve CONTATO com alguém, mas não tem sintomas da doença, o melhor é testar com o RT-PCR a partir do quinto dia após o contato.

Diferenças entre os testes

O teste do tipo RT-PCR é o padrão-ouro para diagnóstico da Covid-19, porque ele detecta o material genético do vírus. Por isso, se o objetivo é saber se a pessoa está infectada, ele costuma ser a melhor escolha, mas nem sempre é fácil de obter ou possível de ser feito.

Já os testes de antígeno costumam ser mais baratos e rápidos de fazer – alguns dão o resultado na hora. Eles têm, entretanto, uma maior chance de apresentar um resultado falso negativo, principalmente no início dos sintomas.