Um pai investigado por estupro de vulnerável em Porto Alegre do Norte, na região nordeste do estado, foi preso pela Polícia Civil nesta terça-feira (07.06). O suspeito de 37 anos estava com a prisão preventiva decretada e também foi autuado em flagrante por descumprimento de medida protetiva.

A investigação começou no final do mês de maio, quando o Conselho Tutelar e a Polícia Civil foram acionados pelo Centro de Convivência da Assistência Social do município, após a criança de oito anos confidenciar para uma servidora que o pai abusava sexualmente dela.

A mãe da vítima foi ouvida e confirmou que o abuso. Ela declarou que o marido estava ingerindo bebida alcoólica e depois de uma discussão entre os dois, ele foi até onde a menina estava, e começou a passar as mãos na criança.

A comunicante disse que desconfiou que o marido abusava da filha, pois há algum tempo percebeu a menina triste e quieta. A mãe começou a conversar com a criança, que acabou revelando que o pai cometia os abusos.

No decorrer das investigações, a equipe da delegacia apurou que havia medidas protetivas de urgências para a criança em razão do suspeito ter agredido fisicamente a esposa e filha com um facão, em dezembro do ano passado. Porém, depois de solto, o suspeito voltou a morar na casa com a mulher e a filha, descumprindo a decisão judicial imposta.

Com base nos indícios apurados pela Polícia Civil, o investigado teve a prisão preventiva decretada pela Justiça pelo crime de estupro de vulnerável.

Imediatamente os policiais civis localizaram o suspeito que foi conduzido até a delegacia, interrogado e autuado em flagrante pelo descumprimento das medidas protetivas e formalizado o mandado de prisão pelo crime de estupro.

O Saiba Tudo Mato Grosso (MT) é um site sem vínculos partidários, sem preconceitos ideológicos e não está a serviço de grupos econômicos. O nosso valor é a qualidade da informação.