A população dos Estados Unidos tem vivido dias intensos de debates acerca das armas de fogo, em razão das várias ocorrências de tiroteio e também de ataques por pessoas armadas. 

O caso de uma criança de apenas dois anos de idade que matou o pai na Flórida estimulou a discussão sobre o assunto. O menino usou a arma que os pais deixaram carregada e o menino encontrou. Brincando, ele efetuou um disparo nas costas do pai, que jogava no computador.

A situação aconteceu no último dia 26 de maio, mas somente hoje foi divulgada pelas autoridades policiais. Quando os agentes da polícia, acionados pelo 911, chegaram a casa da vítima, encontraram a mãe da criança, Marie Ayala, tentando reanimar o marido, Reggie Mabry.

O filho mais velho do casal disse aos investigadores que o gatilho tinha sido puxado pelo seu irmão de dois anos. A arma estava num saco que a mãe deixou no chão.

O pai e a mãe das crianças estavam em liberdade condicional na altura, após múltiplos delitos de negligência infantil e consumo de drogas, disse o xerife responsável pelo caso.  A mãe foi detida por negligência.

O Saiba Tudo Mato Grosso (MT) é um site sem vínculos partidários, sem preconceitos ideológicos e não está a serviço de grupos econômicos. O nosso valor é a qualidade da informação.