A pedido do cacique Raoni Metuktire, o governador Mauro Mendes se comprometeu a buscar a resolução de pendências burocráticas para que o Governo do Estado possa fazer asfalto na MT-322, dentro de área indígena.

O compromisso foi assumido na tarde desta terça-feira (28.06), após reunião com Raoni e diversas lideranças indígenas no município de Peixoto de Azevedo.

De acordo com Raoni, que é uma das maiores lideranças indígenas do país, o asfalto dentro das reservas Maraiwatsede e do Parque do Xingu é uma demanda de toda a comunidade que vive nesses locais.

“Para os índios e não índios, estou com o governador tratando do asfalto da MT-322 até a beira do rio, dos dois lados do rio, dentro da aldeia. Queremos o asfalto”, afirmou Raoni.

Mauro Mendes afirmou que, por se tratar de área indígena, é necessário que o projeto do asfalto passe por trâmites em órgãos federais. Porém, ele se comprometeu a trabalhar para viabilizar os projetos e, com isso, o Governo poder construir o tão sonhado asfalto.

“O Cacique Raoni está pedindo para o Governo fazer o asfalto até a beira do rio. A única coisa que ele não concorda, é com a ponte. Querem que deixe uma balsa, que eles cobram pedágio. Eles querem asfalto, pois isso traz qualidade de vida para eles também. Cacique, você tem o meu compromisso que vamos trabalhar para vencer os obstáculos e poder fazer esse asfalto”, pontuou.

Para Mauro Mendes, é dever do Governo respeitar e apoiar a vontade dos indígenas nas ações que possam melhorar a vida deles.

“A vontade dos indígenas tem que ser respeitada. E nós vamos trabalhar para que a vontade dos indígenas seja respeitada, e não de ONGs lá fora que ficam dando pitaco sobre o nosso país”, concluiu.