Morreu na noite da última segunda (16), o terceiro trabalhador que ficou preso no soterramento de uma empresa de fertilizantes, localizada no Distrito Industrial, em Rondonópolis (215 km de Cuiabá).

Diego Roberto Rafael Pereira da Silva de 32 anos, estava internado desde a data do acidente no Hospital Unimed, quando na noite desta segunda-feira, teve uma parada cardiorespiratória e acabou vindo a óbito.

O acidente de trabalho aconteceu no sábado (14) onde a estrutura metálica do silo desabou e atingiu 5 funcionários. Dois trabalhadores morreram no local e 3 foram socorridos com vida.

As vítimas que morreram no local foram identificadas como Ildoney de Jesus Alves, 36 anos, natural de Mineiros (GO) e Weverton Aparecido de Souza Costa, 19 anos, natural de Rondonópolis.

Conforme informações registradas no Boletim de Ocorrência, no dia do acidente Diego
tinha sido encaminhado pelo SAMU até o Hospital Regional e depois havia sido transferido para o Hospital Unimed.

O rapaz estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). No documento consta que o acidente causou compressão traumática sobre o tronco e bacia do paciente que teve fratura cominutiva na bacia, hematoma retroperitoneal e choque hemorrágico.

O CASO

O acidente aconteceu por volta das 5h do sábado (14), quando o Corpo de Bombeiros foi acionado para atender a situação.

Chegando no local, foi encontrado 5 funcionários soterrados, sendo que dois deles já sem vida.

Três trabalhadores, foram socorridos e levados pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), para o Hospital Regional e logo em seguida, transferidos para a UNIMED.

As causas do acidente, já estão sendo investigas sendo parte da estrutura de um Silo, acabou desabando e causando a tragédia.

O Saiba Tudo Mato Grosso (MT) é um site sem vínculos partidários, sem preconceitos ideológicos e não está a serviço de grupos econômicos. O nosso valor é a qualidade da informação.