Envolvido em acidente fatal no último sábado (7/5), o ônibus da dupla Conrado & Aleksandro já havia sido multado 182 vezes – em sua maioria por excesso de velocidade-. O levantamento foi feito pelo Balanço Geral, da Record TV. Após a exibição da reportagem, a assessoria da dupla enviou uma nota ao programa, que você pode ler ao final desta matéria. Agora, você entende todos os detalhes deste caso.

Anteriormente, o programa da emissora paulista havia revelado um vídeo, supostamente do dia do acidente, em que o veículo estaria acima do limite permitido. Mas, em nota emitida à imprensa e compartilhada nas redes sociais, os advogados da empresa alertaram que o vídeo não foi feito no dia da tragédia: “As imagens não condizem com o momento do acidente, não comprovam a velocidade do veículo no momento, e tampouco com o local da colisão”. Confira a nota na galeria abaixo. Em mais um desdobramento, segundo a emissora, a equipe voltou atrás, dizendo que o trecho foi gravado em um local distante de onde o veículo tombou.

Em relação as multas encontradas pela equipe de reportagem da Record TV, a assessoria da dupla divulgou uma nova nota, que você confere abaixo, na íntegra.

Leia nota da assessoria

“NOTA EM RESPOSTA AO PGM BALANÇO GERAL/RECORDTV

Em resposta ao programa “Balanço Geral”, referente a matéria exibida nesta terça-feira (10) na RecordTV apontando as multas do ônibus da dupla Conrado e Aleksandro, a Singular Produções Artísticas acha importante destacar que o
relatório é de multas entre 2014 e 2022, e não corresponde somente ao período atual e único condutor.

Outro ponto é que os números não são unicamente do motorista que dirigia no momento da fatalidade. E, principalmente, as infrações por si só não apontam culpados do acidente, que infelizmente tirou a vida de seis integrantes da equipe Conrado e Aleksandro.

Em meio a tanta dor, preocupações e perda de seus integrantes, a Singular Produções Artísticas está com equipe empenhada em também apurar e checar todas as informações que têm sido levantadas relacionadas ao acidente e poderá melhor se pronunciar após conclusão dessas investigações e averiguações.

Acidente fatal

No último sábado (7/5), a dupla saía de Tijucas do Sul, no Paraná, em direção a São Pedro, em São Paulo, onde faria um show no mesmo dia. Foi quando o ônibus tombou na Rodovia Régis Bittencourt, no interior paulista. Dentre as possíveis causas do acidente está um pneu furado. A polícia segue investigando o caso.

Além do cantor Aleksandro, morreram os músicos Marzio Allan Anibal, Roger Aleixo Calcagnoto e Wisley Aliston Roberto Novais. A lista inclui também o técnico iluminador Gabriel Fukuda e o técnico e roadie Giovani Gabriel Lopes dos Santos. Conrado segue internado na UTI.