Os investimentos em infraestrutura e logística, educação e ações sociais feitos pelo Governo de Mato Grosso em Gaúcha do Norte (590 km de Cuiabá), nos últimos três anos, já somam mais de R$ 154 milhões.

Ao todo, são R$ 151.706.335,04 apenas na área de infraestrutura. Uma das principais obras já concluídas é o asfaltamento da MT-129, em trecho de 39 quilômetros em Gaúcha do Norte, que, sozinha, está orçada em R$ 32.814.780,01. A obra foi inaugurada pelo governador Mauro Mendes nesta quarta-feira (04.05).

Outros dois lotes de asfaltamento da MT-129, avaliados em R$ 61.893.429,06 e R$ 47.998.125,97, também já tiveram autorização para serem contratados. Outra grande obra do Governo do Estado na região é a construção de uma ponte sobre o Rio Tamitatoala/Batovi, na MT-324. A obra tem orçamento de R$ 9 milhões.

A população do município também foi diretamente atendida pela Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc) com a distribuição de três mil cestas básicas, entre 2020 e 2022, bem como de 800 cobertores.

Outra ação social em Gaúcha do Norte foi a entrega de 440 filtros de barro para a população em vulnerabilidade social, como forma de melhorar o acesso à água filtrada. Além disso, 355 famílias foram atendidas com transferência de renda, por meio de programas sociais. Juntos, os investimentos no social somaram mais de R$ 1 milhão.

Saúde

O Governo de MT também repassou R$ 350 mil de cofinanciamento para transporte de pacientes do município, além de R$ 23 mil para equipar as unidades descentralizadas de reabilitação de pessoas com deficiência, bem como R$ 1,3 milhão via Fundo Estadual para o Fundo Municipal.

Outras ações

O Governo também investiu R$ 673,6 mil para fomentar e fortalecer a agricultura familiar do município, por meio da cessão de uma motoniveladora e uma pickup Strada para atender às demandas dos agricultores.

A Companhia Mato-grossense de Mineração (Metamat) também auxiliou no abastecimento de água para a população. Entre 2021 e 2022  foram feitas perfuração de poços tubulares profundos nas aldeias Kamyura e Yawapiti, finalizando a construção de reservatório de água.

Já na área da educação, o Governo do Estado destinou R$ 497 mil à compra de computadores para professores da rede estadual durante a pandemia da covid-19.

A cidade contou, ainda, com a liberação de capital de giro para empresas comerciais, varejistas e de prestação de serviço, por meio da agência de fomento Desenvolve MT.