O Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), vai investir recursos na ordem de R$ 1,2 milhões para obras de manutenção e reparos nas escolas Osvaldo Cândido Pereira e Apolônio Bouret de Melo, no município de Paranatinga. A ordem de serviço para início das obras foi assinada pelo secretário de Estado de Educação, Alan Porto, e o prefeito Marquinho do Dedé, nesta quarta-feira (27.04).

A escola Osvaldo Cândido Pereira receberá pintura geral e do pórtico, novas esquadrias e uma quadra poliesportiva. Já a escola Apolônio Bouret de Melo passará pelas mesmas benfeitorias, e ainda tratamento de trincas e rachaduras, revisão de coberturas e novas instalações elétricas.

“Fomos bem atendido e queremos parabenizar o governo, o secretário Alan e toda sua equipe técnica que vem trabalhando em prol dos municípios”, agradeceu Marquinho do Dedé.

O prefeito também solicitou da Seduc a construção de uma escola agrícola na cidade. Segundo o prefeito, Paranatinga tem uma área de 400 milhões de hectares cultivados com soja e se localiza de maneira central, e a escola agrícola poderá formar profissionais para ofertar a mão de obra que falta na região.

“Essa escola agrícola é muito importante, porque a demanda de mão de obra qualificada hoje é escassa na região, os técnicos agrícolas e outros que lá se formarão, vão contribuir para que aumente a produção e tragam mais emprego, dando condições àqueles que não têm como estudar e trazer mais dignidade para suas famílias”, detalhou o prefeito Marquinhos.

Alan Porto informou que “a equipe técnica irá analisar a viabilidade de construção da escola, mas pelas características da região há possibilidade, lembrando que temos um projeto para instalar 15 escolas agrícolas no Estado”.

Como parte das políticas públicas da Seduc, está a criação das Escolas Estaduais do Campo – AgroPec 4.0, cujo objetivo é instalar escolas agrícolas nos polos das Diretorias Regionais de Educação. Atualmente há três escolas neste modelo, atendendo à promoção do ensino técnico e criando mão de obra qualificada nas cidades de Alto Garças, Água Boa e Terra Nova do Norte.

Barra do Garças

O secretário Alan Porto também se reuniu com o prefeito de Barra do Garças, Adilson Gonçalves de Macedo, que buscou a secretaria para avaliar a situação de projetos em três escolas do seu município. A Escola Estadual Dom Felippo Rinaldi, na terra indígena São Marcos, recebeu dispensa de licenciamento e poderá começar as obras. A Escola Parque dos Ipês, que é uma nova construção e a Escola Dom José Selva, que será repassada para administração do município. Ambos os projetos estão em fase de análise final.

“Tivemos uma reunião extremamente positiva, em breve estaremos assinando o convênio e em seguida, realizando a licitação. Temos certeza, que com essas três escolas, nos próximos 3 anos nós não teremos mais problemas de vagas em nosso município”, comemorou o prefeito.

A segunda pauta de reunião foi o alinhamento do projeto da Escola Cívico Militar em Barra do Garças, que funcionará na Escola Helena Esteves, com previsão de começar a atender 500 alunos já no segundo semestre. A gestão municipal realizou uma audiência pública e a comunidade aprovou a instalação do novo modelo. A expectativa do prefeito é que, com a parceria com a Secretaria de Estado de Educação, se amplie a qualidade da educação no município.