Um garoto de 11 anos bateu na prima de 1 ano e ao ser questionado pelo tio, pai da criança agredida, o esfaqueou. Antônio Marcos, de 39 anos morreu com a facada em Itapetininga, no interior de São Paulo.

“O Marcos é uma pessoa alegre, carinhosa, brincalhona, sempre colocava apelido. Às vezes eu ia colocar lixo na rua e ele chegava de moto: ‘olha o elefantinho’. Sempre brincava”, contou à Record TV.  Segundo parentes, ele também costumava cuidar de toda família.

De acordo com a família, Antônio tinha acabado de chegar do trabalho e decidiu passar na casa da mãe dele, onde também moram o irmão e o sobrinho de 11 anos. Ele então resolveu conversar com o menino porque ele havia dado um tapa na prima, que é sua filha. Foi então que o tio foi esfaqueado.  

A sobrinha e o marido conseguiram socorrer o tio ainda com vida. Ele foi levado ao hospital que fica no centro de Itapetininga. A vítima passou por cirurgia, que durou duas horas, mas a faca perfurou o pulmão e o coração de Antônio e ele não resistiu.

Pela lei, o menino não responde criminalmente porque ainda é menor de 12 anos. Ele será acompanhado pelo Conselho Tutelar. O pai da criança apresentou um laudo alegando que o filho tem problemas mentais. A família está indignada.