Três adolescentes autores do latrocínio contra um idoso, ocorrido na zona rural do município de Comodoro (644 km a oeste de Cuiabá), foram apreendidos pela Polícia Civil na terça-feira (12.04), poucas horas depois de cometerem o ato infracional. Os menores de 14, 15 e 16 anos responderão ato infracional de roubo seguido de morte e furto do veículo subtraído por eles para praticarem a ação criminosa.

As diligências iniciaram na manhã de terça-feira, quando a Delegacia de Comodoro foi acionada para atender uma ocorrência na Gleba Noroagro, onde um sitiante de 79 anos havia sido encontrado morto na sua residência. No endereço, os policiais encontraram o corpo da vítima com lesões na região do crânio. O filho do idoso contou que alguns pertences do seu pai haviam sumido, como três espingardas, uma caixa de sol e o aparelho celular.

Imediatamente, os investigadores passaram a apurar os fatos, e descobriram que, no dia anterior, segunda-feira, havia um Gol de cor vermelha estacionado na propriedade, e três jovens estiveram com a vítima no local.

Com base nas informações, a equipe conseguiu identificar os três envolvidos, os quais foram localizados no perímetro urbano de Comodoro. Durante a abordagem foi constatado se tratar de menores de idade.

Eles foram encaminhados à Delegacia de Polícia para esclarecimentos, onde foram ouvidos pelo delegado Eduardo Ribeiro Machado Ferreira. Em depoimento os adolescentes confessaram a autoria do latrocínio cometido por meio de pauladas que atingiram a cabeça do idoso.

De acordo com delegado, o automóvel utilizado pelos infratores para deslocamento até a Gleba havia sido furtado por eles um dia antes do roubo seguido de morte. “Os indícios apontam que o crime foi planejamento pelo trio, na intenção de roubar as armas de fogo que haviam no sítio, pois um dos apreendidos já tinha morado na região e conhecia a vítima”, disse o delegado.

O Gol vermelho foi encontrado próximo ao bairro Reserva Parque. No interior do carro estavam as três espingardas roubadas da vítima. Já a caixa de som foi recuperada na casa de um dos adolescentes.

Após os depoimentos, os conduzidos foram autuados em ato infracional análogo aos crimes de roubo seguido de morte e furto, sendo posteriormente colocados à disposição do Poder Judiciário.