O Hospital Metropolitano, localizado em Várzea Grande, voltou a ofertar procedimentos ambulatoriais para a retomada das cirurgias ortopédicas a partir desta sexta-feira (01.04). A unidade sempre atuou como referência em ortopedia e traumatologia, contudo, após o aumento de casos da Covid-19, o hospital foi ampliado e passou a ser 100% referenciado para o enfrentamento do coronavírus. 

Com a medida, a unidade hospitalar passa a ter 80 leitos Covid-19 e 26 leitos para cirurgias. As duas áreas funcionam isoladamente, conforme medidas de biossegurança. 

“O Hospital Metropolitano foi dividido em duas grandes áreas: Covid-19 e cirúrgica. Uma área é isolada da outra, como forma de manter os profissionais e pacientes em segurança, visto que a Covid-19 é uma doença infectocontagiosa”, explicou a diretora do hospital, Cristiane Oliveira. 

Os procedimentos ambulatoriais, necessários para a realização de exames pré-cirúrgicos, já estão sendo ofertados pelo hospital. Os pacientes são chamados conforme classificação do Sistema de Regulação. 

A previsão é de que sejam realizados mil atendimentos ambulatoriais em ortopedia e cerca de 240 cirurgias ortopédicas por mês. 

“Entendemos que o Hospital Metropolitano foi e continua sendo um grande aliado no enfrentamento à pandemia e, com a redução no número de casos, atualizamos o funcionamento da unidade. Neste momento, precisamos atender as demandas que aguardam por atendimento em ortopedia e já iniciamos os atendimentos ambulatoriais, necessários no pré-operatório”, pontuou a secretária adjunta de Gestão Hospitalar, Caroline Dobes. 

De acordo com a diretoria do Hospital Metropolitano, além dos atendimentos ambulatoriais e procedimentos cirúrgicos, também serão realizados exames de imagem, análises clínicas e risco cirúrgico, conforme solicitação médica. 

A unidade também trabalha para retomar, o quanto antes, a realização das cirurgias bariátricas. As equipes estão empenhadas na contratação de serviço especializado e, posteriormente, habilitação da especialidade junto ao Ministério da Saúde.