A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) inaugurou, nesta quinta-feira (31.03), a nova sede provisória do Laboratório Central de Saúde Pública de Mato Grosso (Lacen-MT) e da Superintendência de Vigilância em Saúde. O prédio, localizado na Rua Santiago, bairro Jardim das Américas, em Cuiabá, permitirá o perfeito funcionamento dos serviços do órgão estadual enquanto a estrutura definitiva segue em reforma e construção.

“Estamos fazendo uma entrega simbólica de um local temporário, que vai ser necessário por cerca de dois anos. A unidade definitiva, que já está em construção ao lado do Hospital Central, vai ser o maior e mais moderno laboratório público do país”, declarou o então secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo.

Os serviços do Lacen funcionavam em anexo ao Centro Estadual de Referência de Média e Alta Complexidades (Cermac), no Centro da capital, na Rua Travessa Thogo da Silva Pereira, nº 63. Já a sede definitiva do laboratório está sendo construída em anexo ao Hospital Central do Estado, localizado no Centro Político Administrativo. A obra conta com um investimento aproximado de R$ 11,8 milhões e deverá ser concluída em 2023. O local contará com uma estrutura de cerca de 2.500 m² completamente nova.

Para a diretora do Lacen, Elaine Cristina de Oliveira, essa mudança é um marco na história do laboratório, que avança mais uma etapa em direção à sede própria da unidade. “Estamos desde 1975 sendo referência em análises de vigilância em saúde no Estado de Mato Grosso. Nessa gestão, estamos recebendo a atenção necessária para as melhorias dos serviços, pois nossa missão é realizar ações laboratoriais com qualidade e confiabilidade”, diz Elaine.

Em novembro de 2021, o Laboratório celebrou 46 anos de serviços ofertados aos 141 municípios de Mato Grosso. Recentemente, a unidade especializada se tornou, ao lado de outros laboratórios públicos do Brasil, referência no sequenciamento genético para identificação de variantes do Coronavírus. Antes, as amostras de Mato Grosso eram encaminhadas para o Instituto Adolfo Lutz realizar o sequenciamento genético.

Desde o início da pandemia pela Covid-19, iniciado em março de 2020, o laboratório já realizou 411.535 testes. Durante esse período, o laboratório passou de cerca de 60 análises de exames laboratoriais por mês para mais de 5 mil exames por dia, com laudo e parecer técnico dos resultados para a unidade de Vigilância em Saúde. O Lacen ainda atende aos municípios do Estado via Sistema Único de Saúde (SUS) com oferta de exames de patologia clínica, sorologia, virologia, entre outros.

Superintendência

A equipe da Superintendência de Vigilância em Saúde desenvolvia suas atividades no segundo andar do prédio central da SES, mas devido à reforma da central, que deve ser retomada nas próximas semanas, foi necessária a mudança para que a obra avance na sede da pasta.

“Tem cinco anos que estamos buscando um lugar que oferecesse melhores condições de trabalho para a equipe da superintendência de Vigilância em Saúde. Esse novo local oferece conforto, agora dá para completar a equipe que estava um pouco defasada, pois tínhamos áreas descobertas. Essa é uma oportunidade de melhorarmos a condição de trabalho às equipes e, consequentemente, os produtos que podem ser entregues”, avaliou o secretário adjunto de Atenção e Vigilância em Saúde, Juliano Melo.

O prédio da nova sede definitiva da Superintendência, localizado na Rua Adauto Botelho, no bairro Coxipó, está em reforma. Foram investidos R$ 4,5 milhões no local. A previsão é de que a obra seja finalizada em 2023. Enquanto a obra ocorre, os profissionais da área desenvolverão suas atividades no prédio provisório.