O Batalhão de Trânsito Urbano e Rodoviário da Polícia Militar de Mato Grosso fiscalizou 885 veículos e prendeu 19 pessoas em flagrante, durante o policiamento na Operação Alferes, deflagrada entre os dias 20 e 25 de abril. Também foram registrados o total de 565 Autos de Infração de Trânsito (AIT).

No período, foram realizados 437 testes de etilômetro, que resultaram na prisão em flagrante de 15 motoristas por alcoolemia. Além disso, 37 motoristas foram autuados por alcoolemia e outros 16 autuados por se recusarem a realizar o teste de etilômetro e estarem em visível estado de embriaguez.

O policiamento foi realizado com 26 pontos de barreiras e bloqueios, e 44 pontos demonstrativos do BPMTran, nas Rodovias Helder Cândia (MT-010/Estrada da Guia), Palmiro Paes de Barros (MT-040/Cuiabá-Santo Antônio do Leverger), Rodovia Emanuel Pinheiro (MT-251), e MT-130, no entroncamento Primavera do Leste/Rondonópolis. 

Ainda, entre as aplicações de AIT, 144 foram pelo transporte irregular de crianças (Art. 168); 65 pela falta de uso de cinto de segurança (Art. 167); 48 pelo uso de celular ao volante (Art. 252); 42 por situação irregular com a carteira de habilitação (Art. 162-I); 11 por uso de som automotivo irregular (Art. 228). Também houve nove registros de infrações por ultrapassagens em locais proibidos (Art. 191 e 293-V) e seis infrações por escapamento de veículo irregular (Art. 230-XI).

Entre as medidas restritivas aplicadas estão o recolhimento de 45 Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs), 30 recolhimentos de Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLV) e 96 remoções de veículos.

Os policiais do Batalhão de Trânsito registraram ainda a prisão de três pessoas por tráfico de drogas e a recuperação de um veículo. Também foram registrados três acidentes com vítimas, sendo dois na rodovia estadual MT-251 e um na rodovia MT-130. Três pessoas ficaram feridas e não houve registro de mortes.