A diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) aprovou nesta terça-feira (12) aumento na conta de luz em Mato Grosso. Com a atualização, o efeito médio da alta para o consumidor será de 22,55%.

A decisão tomada pela diretoria colegiada concedeu reajuste tarifário anual à Energisa, o que trará um impacto direto para 1,56 milhões de consumidores no estado.

A nova alta passa a valer a partir de sábado (16) com reajuste de 20,36% para os consumidores residenciais.

Segundo informações da Aneel, os itens que mais impactaram para a correção foram a retirada dos componentes financeiros estabelecidos no último processo tarifário, os encargos setoriais e os custos de distribuição.

A data de reajuste está prevista para passar a valer um dia após o fim da bandeira que cobrava R$ 14,20 a cada 100 quilowatts-hora.

Com a decisão, anunciada na semana passada pelo Governo Federal, a Bandeira Verde, que também passa a vigorar a partir de sábado sem custos na fatura, ajudará a amenizar o impacto dos reajustes na conta de luz dos consumidores.

Apesar de o reajuste ser da ordem de 20,36%, o valor do aumento para a baixa tensão será de 21,62% enquanto para a alta tensão será de 24,96%. A média, portanto, será de 22,55%.

O Saiba Tudo Mato Grosso (MT) é um site sem vínculos partidários, sem preconceitos ideológicos e não está a serviço de grupos econômicos. O nosso valor é a qualidade da informação.