Policiais Penais evitaram, na madrugada desta terça-feira (08.03), uma tentativa de fuga no Centro de Ressocialização de Várzea Grande (CRVG). Os servidores perceberam uma movimentação estranha por volta das duas horas da madrugada e após revista em uma das celas da unidade foi localizado um túnel de aproximadamente cinco metros com 16 reeducandos já dentro do buraco para concluir a fuga.

De acordo com o diretor do CRVG, Silvio Rodrigues Filho, a falta de efetivo é um agravante nessa situação. “O número de guardas em plantão é muito baixo. Na semana passada, por exemplo, estávamos trabalhando com apenas cinco policiais penais para fazer todo o serviço no plantão. O ideal seria que tivéssemos, no mínimo, 20 servidores de plantão para suprir a necessidade da unidade”, ponderou.

Ainda segundo o diretor, a recomendação mais segura seria não interferir naquele momento, já que o número de policiais no local era baixo. “É muito difícil e arriscado para esses policiais fazerem qualquer tipo de procedimento porque você não sabe se a grade foi cerrada, se eles já conseguiram ultrapassar algum obstáculo, e como o número de servidores é pequeno, é até arriscado fazer o que eles fizeram nessa madrugada”, explicou.

Para o presidente do Sindicato dos Policiais Penais de Mato Grosso (Sindspen-MT), Amaury Neves, a ação reflete todo o empenho e dedicação dos policiais penais, que mesmo com todas as dificuldades seguem cumprindo seu papel com excelência. “Os servidores estavam lá a postos e conseguiram evitar mais uma fuga, mesmo com pouco efetivo e com toda a dificuldade que nós temos dentro da unidade. Graças a ação e preparo dos policiais penais foi possível evitar a fuga”, ponderou.

O Saiba Tudo Mato Grosso (MT) é um site sem vínculos partidários, sem preconceitos ideológicos e não está a serviço de grupos econômicos. O nosso valor é a qualidade da informação.