O Governo de Mato Grosso, por meio do programa MT Produtivo Leite, está acompanhando 15 propriedades do município de Campo Verde, para a realização da transferência de embriões em 180 bovinos da cadeia leiteira. Todo trabalho é feito por técnicos da Empaer em parceria com a Prefeitura Municipal e a empresa Lageado Embriões.

Na fase inicial, que está em andamento, o gado recebe a vacinação para evitar doenças reprodutivas, mas também será feita a sincronização de receptoras, exames de ultrassonografia, coleta de sangue para brucelose e inoculação de tuberculina.

Das quatro etapas, duas seguem em andamento e as duas seguintes estão programadas para o mês de abril, quando efetivamente será feita a transferência dos embriões e o diagnóstico de gestação, com sexagem depois de 60 dias após o procedimento.

O produtor do Assentamento 14 de Agosto – Terra Forte, Gustavo Marinho, destaca que o programa vai ajudar no aumento da renda dos produtores de leite a partir do ganho genético em um curto espaço de tempo.

“Vamos determinar o melhor grau de sangue para propriedade e lotes de nascimentos padronizados, vamos agregar valor e melhorar a performance dos animais cda nossa propriedade, tornando-os mais produtivos”.

A técnica da Empaer, a engenheira agrônoma Ana Carla Vidotti, explica que a expectativa é atingir 40% de vacas prenhas, com a meta de 60 animais para o município de Campo Verde, nas duas fases do trabalho, sendo a segunda, já para abril. 

“A equipe da Empaer de Campo Verde está empenhada nas quatro fases do manejo, com orientação e assistência total ao produtor para sanar qualquer dúvida que possa surgir durante o procedimento”. 

O prefeito Alexandre Lopes ressaltou que a parceria permite o melhoramento genético dos rebanhos leiteiros aumenta a produtividade, a produção e isso impacta positivamente a renda dos produtores da cidade, que possui cerca de 42 mil habitantes e a base econômica é a produção agropecuária. 

“Com esse apoio recebido do Governo do Estado vamos alavancar ainda mais a nossa economia, melhorar os nossos serviços e crescer ainda mais, com mais qualidade de vida para a população, estamos animados, pois a agricultura familiar precisava de estímulo e apoio”.


Equipe da Empaer Campo Verde auxiliando 15 propriedades do MT Produtivo Leite na 1ª fase do programa