Setenta e nove policiais penais concluíram o Curso de Formação Inicial 2021/2022, da Academia de Polícia Penal (Acadepolp), vinculada à Secretaria de Administração Penitenciária da Secretaria de Segurança Pública (Sesp-MT). A cerimônia foi realizada na noite desta segunda-feira (28.03), no Teatro Cerrado Zulmira Canavarros da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT).

O secretário de Estado de Segurança Pública, Alexandre Bustamante, parabenizou os novos policiais penais e destacou que a área é uma das que mais receberam investimentos nos últimos anos.

“A Polícia Penal é um dos setores da Segurança Pública que mais evoluiu nos últimos anos em equipamentos, armamentos, uniformes e viaturas. Parabéns a todos que escolheram proteger os seus familiares e a sociedade”.

De acordo com o secretário adjunto de Administração Penitenciária, Jean Carlos Gonçalves, os policiais penais foram capacitados com mais de 400 horas do curso de formação, no qual adquiriram conhecimentos práticos e teóricos em aulas ministradas por integrantes da Polícia Penal e também especialistas na área jurídica.

Os novos policiais irão atuar em unidades de Cuiabá, Várzea Grande, Peixoto de Azevedo, Juína, Lucas do Rio Verde, Nortelândia, Sinop, Barra do Bugres e Água Boa.

“Foram dados aos novos servidores todas as noções de trabalho que eles realizarão nas unidades penais. Tiveram noção de tiro, manuseio de armas e equipamentos de menor potencial ofensivo e noções básicas de segurança para exercício da função. Então, ficamos felizes com esse novo reforço policial nas nossas unidades”, afirmou.

A policial penal Ana Paula Parmejane comemorou a formação e disse estar animada para exercer a função. “É um privilégio poder fazer parte dessa turma. Sentimos orgulho pela categoria que estamos entrando, renovada, com muita coisa para buscar. Essa formatura é para consolidar e comemorar com nossa família mais essa conquista”, contou.

O deputado estadual João Batista também comemorou a formação dos novos agentes das Forças de Segurança. “Para nós é motivo de orgulho, tive a honra de participar de todo o projeto desde a luta pela realização do concurso, convocação e agora formação. É motivo de orgulho de ainda poder contribuir com a Segurança Pública de Mato Grosso”.