A Secretaria de Fazenda (Sefaz), por meio da Gerência Regional Oeste de Atendimento ao Contribuinte (GOAC), promoveu um encontro com o prefeito Héctor Alvares Bezerra e entidades filantrópicas de Mirassol D’Oeste para divulgar a funcionalidade do “Doe Sua Nota”, do Programa Nota MT.

A reunião realizada pelos servidores da GOAC, Sandoval Vieira de Araújo, Leandro Xavier Ursolino e Alex Luchesi Ramos, com apoio da Agencia Fazendária de Mirassol, teve a presença também da presidente da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), Maria Angela Comar Bonfochi e do presidente da Fundação Lar São Vicente de Paulo, Sebastião Eugênio Diogo e nela foi apresentada a modalidade de doação de notas fiscais, sem necessidade de sorteio, para instituições beneficentes cadastradas no Programa.

O prefeito do município, Héctor Alvares, falou da importância da funcionalidade “Doe Sua Nota” para ajudar as entidades localizadas em Mirassol D’Oeste.

“Esse grande programa do Governo do Estado, através da Sefaz, é tão importante e vai ajudar as duas entidades cadastradas em Mirassol, a primeira é a APAE e a segunda o é Lar Vicente de Paulo. Que o cidadão possa ser solidário e participar desse programa que é tão importante para nossas entidades filantrópicas”, declara o prefeito.

De acordo com o gerente regional Oeste, Sandoval Vieira de Araújo, essas ações são “importantes para disseminação de informações sobre os sorteios do Nota MT e a doação das notas fiscais para uma instituição beneficente”, pontua. 

Na sequência a equipe da Sefaz e os representantes das instituições realizaram uma ação de divulgação do “Doe Sua Nota” em um supermercado do município. A nova funcionalidade do Nota MT foi explicada aos cidadãos que faziam suas compras, que participaram depositando os documentos fiscais nas urnas disponibilizadas no local.

Lançada em 1º de Outubro de 2021 o “Doe Sua Nota” permite que o contribuinte escolha para qual instituição será doada a nota fiscal, desde que o documento não contenha identificação por CPF ou CNPJ. Cada doação gera pontos que somados ao final de cada campanha são convertidos em valores que serão repassados as entidades. Atualmente a campanha vigente é a “Siriri e Cururu” que aceitará doações de documentos emitidos até o dia 31 de março.