A Secretaria de Estado de Educação, por meio da Coordenadoria de Educação do Campo e Quilombola (COCQ), realizará o 1°Fórum “Pensando perspectivas e avanços para a Educação do Campo”, entre os dias 12 e 13 de abril, no Hotel Fazenda Mato Grosso. O evento tem como objetivo possibilitar reflexão, discussão, escuta e colhimento das propostas político-pedagógicas dos profissionais da Educação do Campo.

O encontro tem estimativa de participação de 200 pessoas, entre elas diretores adjuntos regionais, coordenadores de gestão pedagógica e diretores das 135 escolas do campo do Estado. Entre os temas que serão discutidos estão o papel dos profissionais da educação do campo, as escolas agrícolas, a avaliação, o currículo, a gestão na educação do campo, entre outros.

O fórum busca trazer reflexões acerca de abordagens teóricas e metodológicas para a criação de um currículo que reconheça e valorize educação no campo e a produção de conhecimento do campo uma vez que, por muito tempo, ela foi concebida como uma cópia do urbano.

O evento irá contribuir para a escuta e colhimento das propostas político-pedagógicas voltadas a atualização da Resolução 003/2013 –CEE/MT, que dispõe sobre a oferta da Educação do Campo, no Estado de Mato Grosso.

“Promover um fórum para a discussão da educação escolar do campo é um momento de grande importância para o Estado de Mato Grosso, pois, é a partir dele que será possível atender as especificidades da população que vive na zona rural e oferecer uma educação de qualidade pensada para esse público”, destaca a superintendente de Diversidades Educacionais da Secretaria de Estado de Educação, Lúcia Santos.

(Supervisão de texto de Evelyn Ribeiro).