Em um começo de ano promissor, Rondonópolis mantém o crescimento com relação à abertura de novas empresas no primeiro bimestre do ano. Dados do Ministério da Economia, baseados na abertura de novos CNPJs mostram que em janeiro e fevereiro, foram criadas na cidade 2,73% novas empresas a mais que em 2021. A tendência, diante desse aumento em dois meses, segundo o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Alexsandro Silva, é que o município mantenha a média de 18% de crescimento registrada em 2020 e 2021.

“O que se verifica é que nos últimos anos, a cidade vem gerando empregos, com muitos empreendendo. Isso demonstra a dinâmica de uma economia aquecida”, destaca o secretário que avalia ainda que Rondonópolis se destaca entre as maiores cidades de Mato Grosso e municípios de mesmo porte de outros estados no número de empresas abertas.

Atualmente, Rondonópolis conta com 26.141 empresas em atividade, desde microempreendedores individuais, pequenas, médias e grandes empresas. Tendo como base o número de habitantes, a cidade tem hoje, 109,1 empresas para cada mil habitantes. A capital, Cuiabá, tem 132,1 empresas para cada mil moradores, enquanto que Várzea Grande tem 89,4. Cidades como Rio Verde (GO), que conta com praticamente o mesmo número de habitantes de Rondonópolis, tem 89,4 empresas para cada mil moradores e Dourados (MS), 112.

O secretário ressalta que as mais de 26 mil empresas da cidade são as responsáveis pela geração de 63.469 empregos formais e aponta que dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) indicam que o salário médio atual do trabalhador formal em Rondonópolis é de 2,4 salários mínimos. “Somente os empregos gerados pelas empresas são responsáveis por R$ 180 milhões mensais em geração de renda, ou seja, R$ 2,4 bilhões no ano”.

Segmentos com maior número de empresas abertas

Segmentos como o comércio varejista de artigos do vestuário e acessórios, e de transporte rodoviário de cargas se destacam, com 1.481 empresas e 1.120, respectivamente.

Também merece destaque a construção civil. Somente empresas do segmento de obras de alvenaria são 1.026. No segmento da beleza, empresas de cabeleireiros, manicure e pedicure somaram 841. Já o segmento de promoção de vendas, 740 empresas.

Ainda há números relevantes dos segmentos de serviços de manutenção e reparação mecânica de veículos automotores (567), lanchonetes, casas de chá, de sucos e similares (508), instalação e manutenção elétrica (507), comércio varejista de mercadorias em geral, com predominância de produtos alimentícios – minimercados, mercearias e armazéns (464) e restaurantes e similares (449).

O Saiba Tudo Mato Grosso (MT) é um site sem vínculos partidários, sem preconceitos ideológicos e não está a serviço de grupos econômicos. O nosso valor é a qualidade da informação.