O Governo de Mato Grosso entregou na manhã desta terça-feira (29.03) armas novas às delegacias regionais, com a proposta de fortalecer as atividades operacionais da Polícia Civil. Foram investidos R$ 357 mil na aquisição de 39 fuzis de calibre 556 (arma longa), por meio por meio do Programa Mais MT e emendas parlamentares. 

A diretoria da Polícia Civil também fez a entrega de outras 25 carabinas modelo IA2, com destinação pela Força Nacional de Segurança Pública. O delegado-geral Mário Dermeval destacou o processo de mudanças pelo qual a Polícia Civil vem passando, com a reestruturação física, de equipamentos e em tecnologia, o que tem colocado a instituição na vanguarda investigativa.

“As cobranças são muitas, assim como os riscos que enfrentamos diariamente em nossa profissão. E o que o mundo está passando é inevitável e para fazer frente a essas mudanças, os investimentos em ferramentas tecnológicas são fundamentais, passando, é claro, pela aquisição de produtos de qualidade e eficiência para o trabalho de nossos policiais”, afirmou o delegado.

Dermeval agradeceu o empenho dos parlamentares em destinar emendas à instituição que estão possibilitando a aquisição de equipamentos, mobiliários e armamentos para modernização das unidades policiais. “Executamos 100% das emendas parlamentares destinadas à instituição e somente este ano estamos aplicando R$ 90 milhões em projetos até final do ano, incluindo a construção da nova sede da Polícia Civil”, destacou o delegado-geral.

Os policiais civis das regionais serão capacitados nesta semana pela Acadepol e Gerência de Operações Especiais (GOE) para operar os novos armamentos. As emendas que somaram aos investimentos são dos deputados estaduais Valmir Moretto e Xuxu Dalmolin.

O chefe de gabinete do deputado Valmir Moretto, Adriano Fernandes, frisou que os recursos são para apoiar principalmente as instituições policiais que atuam da segurança da fronteira de Mato Grosso, além das armas, priorizaram a aquisição de kits de escuta especializada para as delegacias.

Acompanharam a solenidade os diretores da Polícia Civil: Gianmarco Paccola (delegado-gera adjunto); Walfrido Franklin (Interior); Juliano Carvalho (Inteligência); Jesset Munhoz (corregedor-geral); Ana Paula Faria Campos (chefe de gabinete) e o delegado Marcos Aurélio Veloso, representando a Diretoria de Atividades Especiais.