Fruto de uma parceria entre a Empaer, Embrapa e Universidade Federal de Lavras (UFLA), em Minas Gerais, já está disponível gratuitamente no formato digital o livro ‘Pitaya – Uma Alternativa Frutífera’. Com 68 páginas, o material é mais uma ferramenta de conhecimento para agricultores e interessados em produzir a fruta em Mato Grosso e outras regiões do Brasil.

O material foi elaborado com objetivo de reunir informações que possam orientar e dar suporte a técnicos e produtores sobre as problemáticas ocorridas na cultura.

A pesquisadora da Empaer, doutora Dalilhia  Santos, explica que o livro nasceu da necessidade de disponibilizar informação técnica, gratuita e organizada aos produtores de pitaya mato-grossenses.  “O livro é fruto de uma parceria entre pesquisadores doutores da Empaer, Universidade Federal de Lavras e Embrapa –  que juntos compilaram em quatro capítulos, diversas informações”.

Segundo a pesquisadora, a Universidade de Lavras contribuiu com conhecimento sobre comercialização e custo de produção, bem como sobre processamento pós-colheita das frutas. Já o papel da Embrapa, foi esclarecer sobre as espécies, as variedades e as cultivares de pitayas disponíveis. “Foram apresentadas cinco cultivares validadas para nosso país, produto de mais de 20 anos de melhoramento, as quais são adaptadas às nossas condições de clima e solo e apresentam elevada produtividade e qualidade de frutos”.

Foto: Empaer

A professora do Departamento de Agricultura da  UFLA, doutora Leila Aparecida Salles Pio, frisa a importância das cooperações e parcerias interinstitucionais, por resultarem em materiais de excelente qualidade.

“A experiência foi muito positiva. Agradeço o convite e a confiança em participar da construção desse importante trabalho cientifico e estou muito feliz com o resultado final”. Ainda segundo Leila, como o livro é gratuito e de fácil acesso, tem alto poder de alcance, orientando o agricultor sobre como cultivar essa fruta que é uma cultura nova, diferente e exótica.

O pesquisador da Embrapa Cerrados, doutor Fábio Gelape Faleiro ressalta que a parceria está sendo muito importante para gerar informações práticas para os produtores de Mato Grosso e de outros estados. “A pitaya está conquistando novos consumidores e novos fruticultores por ser uma fruta muito especial. Acredito que este livro traz uma contribuição para fortalecer toda cadeia produtiva desta fruta, que está conquistando o Brasil”.

Também foram autores do livro: a professora do Departamento de Agricultura (DAG) da Universidade Federal de Lavras (UFLA), doutora Ana Claudia Costa; o pesquisador da Embrapa Cerrados, doutor Nilton Tadeu Vilela Junqueira; a pesquisadora da Empaer, doutora Danielle Helena Müller; o assistente de pesquisa da Empaer, Welington Procópio e o pesquisador da Empaer, doutor Wininton Mendes da Silva.

Para ter acesso ao livro basta clicar no link 

Mato Grosso

Recentemente, a Empaer promoveu na cidade de Tangará da Serra um Encontro Técnico sobre a cultura da Pitaya, no Campo Experimental,

com a participação de mais de 100 produtores, de vários municípios interessados na cultura. Na ocasião, os participantes tiveram a oportunidade de conhecer todas as particularidades que a cultura oferece, desde a produção até a comercialização. Devido ao ótimo valor comercial é uma oportunidade de negócio para os agricultores do Estado.

Campo Experimental em Tangará da Serra – Foto: Empaer