A Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Mato Grosso (Sedec-MT) e o Instituto Inclusão, Cidadania e Ação (INCA) realizam nesta quarta-feira (30.03), a partir das 14h, o projeto “Retomada do Turismo da Região Turística Metropolitana de Cuiabá e Várzea Grande Pós Covid”. A proposta é aquecer os eventos de negócios em Cuiabá e Várzea Grande.

Uma das atrações do evento, que ocorrerá no plenário da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Mato Grosso (Fecomércio-MT), é a palestra “Captação e Realização de Eventos: Case de Sucesso Convention e Visitors Bureau de Gramado e Canela”, com o presidente do Convention e vice-presidente do Unedestino, Enzo Arns. 

Também haverá o “Painel Retoma Eventos”, com a turismóloga e consultora em Turismo, Rejane Pasquali, que apresentará o diagnóstico do setor de eventos da região turística metropolitana, revelando o impacto da pandemia sobre ele.

Outras participações confirmadas no painel são do professor do curso de Eventos e Turismo do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso (IFMT), Daniel Fernando, da especialista em captação de eventos, Cely Coelho e mediação ficará a cargo do coordenador do projeto, Jaime Okamura.

O projeto “Retomada do Turismo da Região Turística Metropolitana de Cuiabá e Várzea Grande Pós Covid” conta com recursos da emenda parlamentar do deputado estadual Wilson Santos, por meio da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT-MT), patrocinado pela Secretaria Adjunta de Turismo, da Sedec-MT.

Pesquisa

A pesquisa que será apresentada foi realizada junto aos empresários e prestadores de serviço do setor de eventos da Região Turística Metropolitana Cuiabá e Várzea Grande, com a aplicação de questionário entre os dias 24 de janeiro e 09 de fevereiro, deste ano.

O questionário abordou questões como: Cancelamento e reagendamento de eventos; Percentual de redução no número de eventos realizados e faturamento; Necessidade de demissões no período pandêmico e como está o quadro hoje; Necessidade de empréstimos financeiros para garantir a sobrevivência do negócio; Estratégias adotadas pelas empresas para permanecer no mercado na crise e pós-crise e Perspectivas em relação ao mercado de eventos na visão dos empresários do setor.