O Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT), firmou uma parceria e investirá R$ 3,7 milhões junto ao Consórcio Intermunicipal de Saúde da região do Alto Tapajós para a realização de 124 procedimentos eletivos por mês. A parceria tem o objetivo de reduzir drasticamente a fila de espera por cirurgias eletivas nos seis municípios que compõem a região.

O lançamento da ação regional ocorreu na tarde desta terça-feira (15.03), no Centro de Eventos da Secretaria de Assistência Social de Paranaíta.

A parceria prevê a realização mensal de 92 cirurgias eletivas e 32 endoscopias, tendo em vista a demanda de toda a região. Os procedimentos serão realizados pelo Hospital Municipal Alípio Cândido da Silva, localizado em Paranaíta. 

“Temos um bom Hospital Municipal em Paranaíta. Ele atende a toda população local e tem capacidade técnica para atender mais municípios. O Governo de Mato Grosso quer dar mais resolutividade e sustentabilidade para que os hospitais de menor porte possam continuar funcionando. Hoje, temos uma meta de cirurgia a ser realizada por mês, com o objetivo de zerar essa fila em média e baixa complexidade da região”, disse o secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo.

A gestão estadual repassará três parcelas de R$ 1.248.093,38, com intervalo de 60 dias cada. 

“Essa região está sendo transformada por meio de um governo presente, que está no nosso projeto da região, atendendo os itens e acrescentando outros. Em 30 anos, nessa região, éramos o vale dos esquecidos e hoje estamos nos transformando na grande fronteira agrícola do estado”, avaliou o prefeito de Paranaíta, Osmar Moreira.

O presidente do Consórcio Intermunicipal de Saúde da região do Alto Tapajós e prefeito de Alta Floresta, Valdemar Gamba, também avaliou positivamente a parceria entre Governo e municípios.

“Estou há 44 anos em Mato Grosso e tenho acompanhado toda a trajetória, e falando especificamente da nossa região, a gente compartilha da opinião de que nunca se viu isso acontecer da forma que está acontecendo, com tanto recurso e tanta obra. Nossa região está em pleno crescimento e o Governo está olhando com bons olhos e fazendo os investimentos necessários. Com esse crescimento todos nós ganhamos”, concluiu o gestor.

Compõem a região de Saúde do Alto Tapajós os municípios de Alta Floresta, Apiacás, Carlinda, Nova Bandeirantes, Nova Monte Verde e Paranaíta.