O Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT), em parceria com as demais forças de segurança pública, intensificou e ampliou as ações de fiscalização de trânsito no mês de fevereiro. Foram realizadas 33 operações integradas diárias e operações Lei Seca nos municípios de Cuiabá, Várzea Grande, Sorriso, Nova Mutum, Tangará da Serra e Barra do Garças.

As ações resultaram em 1.229 Autos de Infração de Trânsito confeccionados, sendo 303 por conduzir veículo sob efeito de álcool e 245 de motoristas inabilitados flagrados na direção de veículos. Foram fiscalizados 1.756 veículos, sendo 840 autuados e 651 removidos.

Também foram realizados 1.074 testes de alcoolemia e 171 pessoas foram presas em flagrante por embriaguez ao volante, crime previsto no artigo 306 do Código de Trânsito Brasileiro e que coloca em risco a vida do condutor e de terceiros.

Diariamente, o Detran-MT e as demais forças de Segurança Pública do Estado estão nas ruas com o objetivo de reduzir os índices de irregularidades administrativas, civis e até criminais que colocam em risco a vida das pessoas no trânsito, buscando conscientizar, estimular boas práticas e a mudança de comportamento no trânsito para salvar vidas.

As operações diárias em Cuiabá e Várzea Grande são realizadas pela equipe de fiscalização do Detran em parceria com o Batalhão de Trânsito da Polícia Militar (BPMTRAN).

Já a operação Lei Seca é coordenada pelo Gabinete de Gestão Integrada (GGI) da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) com participação do Detran-MT, Polícia Militar (PMMT), por meio do Batalhão de Trânsito; Polícia Judiciária Civil (PJC), por meio da Delegacia Especializada em Delitos de Trânsito (Deletran); Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana de Cuiabá (Semob), Guarda Municipal de Várzea Grande e Serviço de Operações Especiais (SOE) do Sistema Penitenciário.