O Governo de Mato Grosso, por meio do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT), ampliou, nos últimos três anos, em 950% a capacidade de aplicação das provas práticas para obtenção da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) em todo Estado.

A ampliação foi possível após a capacitação de servidores do Detran pela Escola Pública de Trânsito, que reforçou o quadro da banca examinadora e aumentou de 4 para 38 bancas fixas. Atualmente, a banca examinadora conta com 171 servidores.

O diretor de Habilitação do Detran-MT, Alessandro de Andrade, enfatiza que com a capacitação dos servidores o Detran proporciona maior autonomia ao interior do Estado, além de descentralizar o serviço, dando mais agilidade na etapa final para a obtenção da CNH.

A celeridade na aplicação das provas práticas de direção era uma das principais cobranças da população junto ao Detran-MT, que vinha especialmente dos munícipes do interior do Estado. Boa parte dessas cidades do interior esperava até 90 dias pela chegada da banca volante, que saía de Cuiabá para a aplicação dos testes.

Colíder era um dos municípios onde os candidatos a primeira habilitação aguardavam até 90 dias pela chegada da banca volante de Cuiabá. “Era muito transtorno para todos, Ciretran, autoescola e alunos. Muitas reclamações, principalmente dos alunos, pela demora para fazer o teste novamente, quando reprovavam”, relatou o chefe da 34ª Ciretran de Colíder, Edson de Matos.

Agora, a Ciretran conta com duas bancas fixas para aplicação das provas, que são realizadas a cada 15 dias. “Reduziu drasticamente o tempo de espera dos candidatos. Hoje temos quatro servidores aptos para avaliar os candidatos nas categorias A, B, C e D e um servidor em formação para Categoria E”, completou.

Conforme o presidente do Detran-MT, Gustavo Vasconcelos, a ampliação da banca examinadora faz parte do projeto de melhoria do Detran-MT na formação de condutores em Mato Grosso. “Com a capacitação dos servidores levamos de forma mais célere a todo Estado um dos serviços que é muito procurado pelos cidadãos que é a obtenção da CNH ”, disse.