Técnicos do escritório metropolitano da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer) realizaram um ciclo de palestras e capacitação na área ambiental para agricultores do Assentamento Mineira, no Distrito de Aguaçu, em Cuiabá. As famílias são assistidas pelo Programa REM (do inglês, REDD para Pioneiros) e as atividades são resultado de um diagnóstico das principais demandas apontadas pela comunidade. 

Durante o encontro, realizado na semana passada, os agricultores também tiraram dúvidas quanto ao uso, armazenamento e o descarte das embalagens dos defensivos agrícolas, bem como a recuperação de áreas degradadas com plantio de mudas. 

A produtora rural Alessandra Conceição de Souza destacou a importância de aprender sobre os limites de uma Área de Preservação Permanente (APP) e da importância de preservação das nascentes. “Agora nós compreendemos a importância de proteger APP como forma de manter os recursos hídricos, ou seja, a água na propriedade e ainda evitar o processo de erosão de rios e córregos”.

Na palestra sobre recuperação de área degradadas, o técnico da Empaer, Lucas Stevão da Silva Freire, destacou a importância do plantio de espécies frutíferas nativas do cerrado. “Elas atraem e alimentam a fauna e são disseminadas naturalmente pelos animais”.

Foram distribuídas 100 mudas de espécies nativas para serem plantadas nas  propriedades para que possam restaurar biodiversidade nos locais afetados pelos incêndios florestais. Sobre o uso adequado de defensivos, os agricultores ouviram a estudante de Agronomia, em estágio, Fernanda Guedes, que mostrou a importância do uso dos Equipamentos de Proteção Individual (EPI) de forma correta e assim evitar intoxicação.

“Outro detalhe importante é fazer o cadastrado no sistema junto ao Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea-MT) ao adquirir esses produtos. Para o descarte correto, tem que se fazer a tríplice lavagem, furando as embalagens e devolvendo em local indicado pelas empresas de venda”, ensino a palestrante.

Para o mês de março, os agricultores do Assentamento Mineira receberão capacitação na área de fruticultura. 



Empaer leva informações sobre produção sustentável para agricultores do Assentamento Mineira, no Distrito de Aguaçu, em Cuiabá