Nesta quarta-feira (30.03), a partir das 19h30, a Casa Cuiabana abre as portas para a cerimônia de encerramento do Salão Jovem Arte 2021 – Despertar Discos Imaginais. A entrada é franca. 

“Vamos matar a saudade e finalizar em grande estilo essa que é a mais importante vitrine das artes em Mato Grosso”, destaca Luiz Marchetti, um dos curadores do Salão Jovem Arte 2021. 

A programação do evento de encerramento conta com a exibição do vídeo documentário em formato de bate-papo com curadores, críticos de arte e pesquisadores de todo o Brasil. 

“Também vamos entregar catálogos, que a propósito está lindo, para público, artistas e pesquisadores presentes. Todos estão convidados”, destaca Marchetti. 

A segunda edição do catálogo (projeto gráfico de Mauricio Mota) possui no Programa Educativo, de maneira a reafirmar a diversidade do Salão Jovem Arte, outros questionamentos respondidos em texto por Renata Felinto (professora, artista e curadora – CE), Luciara Ribeiro (pesquisadora e curadora – SP), Lupita Amorim (multiartista – MT) e Victor Marques (professor e enredista de Escola de Samba – RJ/MT).

O bate-papo mediado por Caio Ribeiro, Ruth Albernaz, Cleide Arruda, Luiz Marchetti e Jan Moura conta com Cândida Soares (professora da UFMT), Anna Maria Moura (produtora audiovisual), Juliana Capilé (artista de MT), Inês Linke (artista e professora UFBA), Sandra Benites (curadora adjunta do MASP), Kaya Agari (artista de MT) e Lyz Paraizo (artista e ativista RJ/FRANÇA).

A programação conta ainda com o DJ Bicha Sound System.