O Casarão das Artes está com as inscrições abertas para aulas de teatro. As atividades terão início no dia 19 de março e serão realizadas, gratuitamente, aos sábados, sempre das 9h às 12h. Interessados podem se inscrever na Avenida A, 02 e 03, Jardim São Paulo, bairro Pedra 90, em Cuiabá.

Instituição com certificado de Ponto de Cultura em Mato Grosso – reconhecida como tal no início de 2019 -, o Casarão das Artes tem na prática do teatro sua principal frente de atuação.  O Instituto oferece à comunidade do bairro Pedra 90, aulas de teatro para crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social.

“Eu vivi a vida toda na periferia, o que eu sou, devo à periferia. Quero retribuir. Afinal, meu papel social como artista é devolver à comunidade o que ela me deu, como a oportunidade de estudar teatro”, destaca Vini Hoffman, idealizador do Instituto Casarão das Artes.

Sem faixa etária estipulada, as aulas de teatro do Casarão das Artes são continuas e seguem até o fim do ano, quando se encerra uma etapa e começa uma nova.

“Inclusão e acessibilidade é o objetivo. Queremos trazer para o Pedra 90 um pouco de tudo que ocorre no Brasil, espetáculos de teatro, dança, música, oficinas. Promovemos a integração comunitária entre os bairros e as comunidades de difícil acesso, gerando inclusão para além do bairro Pedra 90”, explica.

O agente cultural

Sobre o idealizador, Vini Hoffman é um artista com história de vida inspiradora. Membro do Grupo de Teatro Tibanaré, um dos mais atuantes e reconhecidos de Mato Grosso, iniciou sua carreira em projetos sociais. Seu trabalho mais recente está prestes a estrear em rede nacional, pela TV Cultura, trata-se da série infanto-juvenil “O Pantanal e Outros Bichos”, de Amauri Tangará, em que o ator interpreta o personagem Curupira. As gravações para a segunda temporada da série já encerrara, e em 2022 estreia “O Cerrado e Outros Bichos”.

“Ter um Ponto de Cultura, para a comunidade, é muito valioso. Gera reconhecimento, fortalece parcerias, traz visibilidade e credibilidade para moradores de uma comunidade tão distante. Não existem muitos acessos aqui, só pela televisão. Com o certificado de Ponto de Cultura, podemos mostra que aqui no bairro deles, eles também podem fazer cultura e multiplicar, levar a cultura deles para outros lugares e receber espetáculos culturais. Um ciclo do bem”, avalia Hoffman.

Pontos de Cultura

O objetivo foi premiar 30 instituições da sociedade civil sem fins lucrativos, com atuação comprovada há pelo menos três anos em atividades culturais, por meio de repasse de recursos financeiros da Política Nacional de Cultura Viva a fim de fomentar o reconhecimento, articulação e fortalecimento da Rede Cultura Viva no Estado de Mato Grosso, com o propósito de reconhecer ações de formação; assistência e intercâmbio; participação social e mobilização em rede; informação, promoção e comunicação.

Foram investidos R$ 7,300 milhões com objetivo de formação da Rede de Pontos de Cultura, da Política Nacional de Cultura Viva em Mato Grosso.

Serviço

Aulas de Teatro gratuitas no Casarão das Artes

Inscrições até 19 de março, no local

Avenida A, 02 e 03, Jardim São Paulo, bairro Pedra 90, em Cuiabá

Informações 65 9908-5943