O Batalhão da Polícia Militar de Trânsito Urbano e Rodoviário (BPMTran) realizou, na manhã desta quinta-feira (24.03), o workshop online com o tema “Direção veicular sob a influência de álcool”, no auditório do Comando-Geral da PM. No evento, cinco palestrantes falaram sobre a importância da fiscalização de alcoolemia para a segurança no trânsito.

O evento foi aberto pelo comandante-geral adjunto da PM, coronel Daniel Lipi Alvarenga, que destacou a relevância de se discutir o tema abordado no workshop. “Esse evento é de suma importância, onde vamos estar buscando disciplinar e multiplicar o conhecimento dos novos operadores da fiscalização de trânsito, para evitar que maus usuários das vias públicas possam estar conduzindo veículos alcoolizados, realizando acidentes e infrações de trânsito”, afirmou o coronel Alvarenga.

O comandante do Batalhão de Trânsito, tenente-coronel Adão César Rodrigues Silva, foi um dos palestrantes do evento e falou sobre como é realizado o planejamento da operação Lei Seca e explicou como as equipes integradas realizam a escolha do local onde a operação ocorre, o fluxo da operação e as funções de cada órgão que integra a blitz. 

O tenente-coronel destacou que dentro da operação, os policiais do Batalhão de Trânsito realizam as abordagens e também possuem importância, por meio da equipe de batedores, para se posicionam de maneira estratégica a fim de flagrar possíveis motoristas que tentam burlar a blitz. 

A coordenadora do Gabinete de Gestão Integrada (GGI) da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), major Monalisa Furlan Toledo, também foi uma das palestrantes e falou sobre o histórico da operação Lei Seca, em Mato Grosso. A coordenadora explicou como as ações operacionais são realizadas em conjunto com todas as instituições que integram a Operação Lei Seca.

O evento também contou com a presença do Delegado Christian Alessandro Cabral, da Delegacia de Delitos de Trânsito (Deletran), que mostrou estatísticas de acidente de trânsito e a correlação com a direção sob efeito de álcool. A Gerente de Fiscalização do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT), Kelli Lopes, falou sobre os aspectos formais do Auto de Infração de Trânsito; e o juiz da 10º Vara Criminal de Cuiabá, João Bosco Soares da Silva, falou sobre os aspectos penais dos crimes de direção sob efeito de álcool.

Aula inaugural

O workshop também serviu como aula inaugural do 2º Curso de Especialista de Policiamento e Fiscalização no Trânsito (CPTran). Estavam presentes os 41 alunos do curso, sendo eles da Polícia Militar, de órgãos parceiros como o Detran e Secretaria de Mobilidade Urbana de Cuiabá (Semob). Os alunos participam de uma capacitação para desempenharem funções operacionais direcionadas ao policiamento de trânsito, com duração de 220 horas/aula.