Palestras, ginástica laboral, jogos e brincadeiras, além de oficinas de artesanato e dança do siriri, marcaram as comemorações do Dia Internacional da Pessoa com Síndrome de Down na Escola Estadual CHP Professora Célia Rodrigues Duque, localizada no centro de Várzea Grande.  O objetivo do evento, ocorrido nesta sexta-feira (18.03), foi celebrar, informar e promover a inclusão de todos na comunidade escolar.

Ações de cultura e lazer promoveram a socialização, integração e inclusão no âmbito escolar. Neste ano as atividades reuniram professores, pais e alunos. “Antecipamos as comemorações que seriam no dia 21 de março”, destaca o diretor Ademilson Mário de Assunção.

O gestor lembra que a Escola Estadual Célia Rodrigues Duque se caracteriza no atendimento de estudantes com deficiência e dentre eles, 17 estudantes com a Síndrome de Down que todos os dias fazem resignificar os saberes.

Para as comemorações, a escola fez parceria com a Coordenadoria de Educação Especial da Seduc, com a Equipe do Casies e com a Faculdade FASIPE.

No entendimento dos profissionais da escola o evento foi positivo, pois, além do entretenimento, as atividades proporcionadas aos estudantes promoveu uma reflexão sobre a importância de se acolher esses estudantes.

“É uma data tão importante que não pode passar sem alguma atividade. São pessoas que precisam valorização e de reconhecimento”, assinala Edmilson Mário.