A Secretaria de Estado de Segurança Pública de Mato Grosso (Sesp-MT), por meio da Região Integrada de Segurança Pública (Risp) 14 de Nova Mutum (242 km de Cuiabá), deflagrou na manhã desta quinta-feira (17.02) a Operação Integrada Risp 14, para atuar na prevenção contra os crimes de roubos, homicídios, furtos e tráfico de drogas. 

A ação, que ocorre até o dia 13 de março, conta com apoio da Polícia Militar, Polícia Judiciária Civil, Corpo de Bombeiros Militar e o Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer).

De acordo com a tenente-coronel PM do 14° Comando Regional, Cláudia Regina Soares, a operação será realizada também nos municípios de São José do Rio Claro, Diamantino, Santa Rita do Trivelato, Lucas do Rio Verde, Itanhangá e região. 

“É a primeira Operação Integrada da Risp 14 neste ano com as forças de segurança do Estado com objetivo de inibir diversos crimes em boa parte da região médio-norte”, afirma.

A delegada da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Nova Mutum, Angelina de Andrade Ferreira, ressaltou a importância da operação na prevenção e repreensão de crimes, devolvendo à população a sensação de segurança na região.  

“A operação demonstra a força da segurança, reforçando o combate, a prevenção e repressão de crimes de roubo, homicídios, furtos e tráficos de drogas. Temos todo o efetivo empregado, desde a Delegacia da Mulher, a Derf, além do expediente temos quatro policiais empregados, com nossas cinco viaturas”, pontuou. 

O coordenador de Operações Integradas, tenente-coronel PM Marcus Vinícius Akira, destacou o início da operação no município e comentou sobre os índices positivos que Mato Grosso vem apresentando. 

“Iniciamos a Operação Integrada em Mato Grosso com as forças componentes da Risp 14. O Estado já vem apresentando excelentes dados com relação a diminuição de diversos índices criminais e isso é fruto tanto de investimento tecnológico, como na qualificação profissional e o comprometimento dos serviços que compõem as forças de segurança”.

O tenente do Corpo de Bombeiros Militar, Talles Emanoel, enfatizou a parceria das forças de segurança e o empenho dos bombeiros na operação. 

“O CBM juntamente com as forças de segurança pública tem como principal objetivo garantir a segurança da população e resgatar esse sentimento de segurança. Os Bombeiros vão trabalhar na prevenção contra acidentes, incêndios e pânico. Nas cinco companhias vamos demandar com efetivo de cinco militares por dia, serão duas viaturas que estarão trabalhando diuturnamente”, destacou o bombeiro militar.