Vinte recuperandos da Penitenciária Dr. Osvaldo Florentino Leite Ferreira, “Ferrugem”, em Sinop (497 km de Cuiabá), concluíram o curso profissionalizante de Segurança no Trabalho – Aplicação de Agrotóxico. Os internos foram treinados para trabalhar na aplicação de medidas de prevenção a acidentes e doenças em atividade com agrotóxicos. 

O curso teve carga horária de 24h e foi realizado dentro da unidade, em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-MT) e Sindicato Rural de Sinop, ministrado pelo instrutor Roberto Tomazoni da Cruz. Ao final, os recuperandos receberam o certificado de conclusão do curso. 

As aulas agregaram aos participantes conhecimentos que são necessários para aplicar as medidas de prevenção a acidentes e doenças no trabalho com a manipulação de agrotóxicos. Além disso, eles puderam conhecer os princípios legais para a utilização desses insumos conforme normas regulamentadoras. 

O diretor da penitenciária, Adalberto Dias, destacou a importância de agregar conhecimentos aos reeducandos na área da agricultura. “Desta vez, participaram do curso pessoas que já desenvolvem trabalhos na agricultura, como no projeto Semear, no cultivo de abacaxi, na horta interna produzindo hortaliças e pessoas que fazem a jardinagem e paisagismo da unidade”.

Esta é apenas uma das capacitações e treinamentos de pessoas privadas de liberdade que serão realizadas durante este ano. Ao todo serão ofertados mais 17 cursos ministrados pelo Senar. “As capacitações têm como finalidade proporcionar a qualificação nas mais diversas áreas e prepará-los para o mercado de trabalho quando progredirem de regime”.