Com uma área de pastagem com capim braquiária totalmente recuperada, a produtora Edna Almeida, do município de Nova Olímpia (a 207 km de Cuiabá), foi a escolhida para ser a referência de uma visita técnica que será realizada na segunda quinzena de março. Com data ainda a definir, o objetivo do encontro será mostrar o resultado alcançado do que foi recomendado pela assistência técnica da Empaer e acatado pela produtora.

Segundo os técnicos da Empaer, Kathiuscia de Arruda Medeiros Chieron e Irapuan Rodrigues da Silva, o diferencial da propriedade é  um conjunto de fatores, mas o que fez a diferença, foi ela entender e atender a todas as recomendações.

“A assistência técnica iniciou em outubro e, com a pastagem toda degradada foi necessário à análise de solo, aplicação de calcário com adubação fosfatada e a plantação das sementes. Em quatro meses é possível ver a evolução do trabalho. Tudo que foi recomendado, a produtora acatou. O próximo passo é preparar para iniciar o manejo e piquetear o pasto”.

O técnico Irapuan explica que também foi considerado o fator mão de obra junto com a produtora. “Foi definido o objetivo da atividade da pecuária, se seria de leite ou de corte, com isso, para tomar outras decisões técnicas, como a forma de manejo da pastagem e organização de outras infraestruturas de produção. Toda decisão foi construída conjunta”.

A produtora Edna Almeida destaca que logo que viu o resultado ficou muito feliz, por isso, pretende comprar mais gado e mudar para novilha de engorda. “A equipe da Empaer já montou o projeto junto ao Pronaf. Vou aumentar a criação que hoje é de 35 cabeças, adquirir material e instalar uma cerca elétrica”.

Edna frisa que vê todo essa fase como uma evolução. Seguir todas as orientações dos técnicos foi primordial. “A troca de experiência é importante, mas ouvir e entender a forma correta fez toda diferença”.

Área estava toda degradada será limitada em piquetes – Foto: Empaer