A Diretoria Metropolitana de Medicina Legal, órgão ligado à Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), mantém armazenadas três vítimas sem identificação e procura por possíveis familiares para proceder o reconhecimento e liberação dos corpos da unidade.

Dentre as vítimas está um homem que foi removido, na madrugada desta quinta-feira (10.02), após sofrer um atropelamento na Avenida República do Líbano, em Cuiabá. Ele possui aproximadamente 25 anos, cor branca, 1,69 metros de altura. Possui três tatuagens, sendo uma, com a inscrição “Fé” no pescoço, e outra, com a inscrição “Omolu” na região esquerda do tórax, e uma rosa vermelha no dorso da mão direita.

Outra vítima não identificada é uma mulher morena, vítima de afogamento no dia 05 de fevereiro de 2022, no bairro Recanto Jurumirim, na região da Ponte de Ferro, em Cuiabá. Ela possui 1,63 metros de altura e 84 quilos. Possui tatuagens com desenhos de rosas, localizadas no quadril, coxa e em uma das pernas, e tatuagem com desenho de sol e lua na região do tornozelo, além de uma rosa vermelha no antebraço esquerdo.

A terceira vítima trata-se de um senhor de aproximadamente 60 anos de idade, de cor morena, cabelos pretos e grisalhos. Ele foi encontrado no dia 03 de fevereiro de 2022 no bairro central de Várzea Grande.

A Diretoria Metropolitana de Medicina Legal está localizada no Bairro Dom Bosco, Rua A1. O contato para informações sobre a liberação dos corpos é o 3613-1201.