Duas edições da Operação Lei Seca foram realizadas na madrugada deste sábado (26.02), resultando na prisão de 27 motoristas por embriaguez ao volante. Em Cuiabá, a ação ocorreu na Avenida Isaac Póvoas, levando 22 pessoas à prisão. Já em Barra do Garças, que realizou sua primeira edição, cinco pessoas foram presas.

Em Cuiabá, a ação aplicou 74 testes de alcoolemia, fiscalizando um total de 68 veículos. Também foram lavradas 63 autuações, sendo 29 por conduzir veículo sob influência de álcool, 11 por conduzir veículo sem registro ou não licenciado, 10 por recusa ao teste de alcoolemia, entre outras.

Também foram lavrados cinco termos circunstanciados de ocorrência (TCO) para condutores que dirigiam sem possuir Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Inclusive, a edição recolheu 23 CNHs e um Comprovante de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV).

Dos 68 veículos fiscalizados, 42 foram recolhidos por irregularidades, sendo 40 carros e duas motocicletas.

A operação é coordenada pelo Gabinete de Gestão Integrada da Secretaria de Estado de Segurança Pública (GGI/Sesp) e nesta edição contou com as forças integradas da Polícia Militar, por meio do Batalhão de Trânsito (BPMTran), da Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada de Delitos de Trânsito (Deletran), do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), da Polícia Penal e da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob).

Interior            

                                    

Barra do Garças recebeu sua primeira Lei Seca na madrugada deste sábado, resultando nas cinco prisões por embriaguez. O município recebeu na sexta-feira (25.02), a capacitação da equipe do GGI/Sesp antes das atividades em campo.

O local escolhido para a primeira edição foi o Porto do Baé. Na ocasião, 50 veículos foram fiscalizados e 50 testes de alcoolemia foram aplicados. Das 21 autuações, 10 foram por conduzir veículo sob efeito de álcool, oito por conduzir veículo sem registro ou não licenciado, duas por recusa ao teste de alcoolemia e uma por outros motivos.

Dos veículos fiscalizados, 12 foram removidos por irregularidades, sendo 10 carros e duas motocicletas. Também foram recolhidos 11 documentos, sendo nove CNHs e dois CRLVs.

Além da presença do GGI/Sesp, a edição contou com a participação do BPMTran, além dos policiais militares do 2º BPM e do 5º Comando Regional, da Polícia Civil, por meio da Deletran e do Detran e do 3º Ciretran local.