A campanha de Boas Práticas Para Uso de Produtos Veterinários em Mato Grosso teve início nesta segunda-feira (21) em todas as unidades do Instituto de Defesa Agropecuária (Indea), na Capital e interior. O objetivo é proteger a saúde animal, humana e o meio ambiente.

“Além de realizar as suas funções de fiscalização, é importante investir em processos educativos, difundindo as boas práticas na produção como forma duradoura de buscar uma produção agropecuária de qualidade, que seja segura tanto para o produtor, quanto para a população e o meio ambiente”, disse o fiscal do Indea e médico veterinário Heitor David Medeiros, que está à frente da campanha.

A iniciativa é de autoria do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (Mapa) e conta com parceiros como Sistema Famato, Associação de Criadores de Mato Grosso (Acrimat), Conselho Regional de Medicina Veterinária (CRMV), Superintendência Federal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Mato Grosso (SFA/MT) e a Empaer.

Para isso vai estabelecer um diálogo com o produtor rural, com reuniões presenciais nos sindicatos rurais, nos escritórios do Indea, nas revendas de produtos veterinários e pelo WhatsApp. As publicações são todas digitais e o material é online, contendo infográficos ilustrativos, vídeos, áudios, mensagens de textos curtas e podcasts sobre as boas práticas no campo.

O foco é na produção do alimento seguro com mensagens simples e diretas, para permitir que diversos produtores tenham acesso ao conhecimento. O material orientativo tem como referência o livro eletrônico “Diálogos Para Boas Práticas no Uso de Produtos Veterinários Na Produção Animal”, da Comissão de Educação Sanitária no Estado de São Paulo (CES/SP), coordenada pela Superintendência Federal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de São Paulo (SFA-SP).

Em caso de dúvidas dos produtores, os 14 gerentes regionais do Indea e 28 monitores distribuídos por região do Estado estão preparados e qualificados para respondê-las. Os instrutores do Senar-MT também já possuem acesso à plataforma e a todo o material online.

Os temas abordados envolvem o conceito de Saúde Única, a importância de que os medicamentos tenham registro no Ministério da Agricultura, a forma e o momento adequado de se aplicar carrapaticida nos animais, entre vários outros assuntos.