O município de Tangará da Serra (248 km de Cuiabá) aderiu ao Termo de Cooperação da Operação Lei Seca, do Gabinete de Gestão Integrada (GGI), vinculado à Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT).

Durante a primeira operação realizada na Avenida Brasil, na região central do município, cinco motoristas foram presos por embriaguez ao volante, na madrugada deste sábado (05.02).

Durante a ação, foram realizados 102 testes de alcoolemia. Destes, 13 condutores foram flagrados dirigindo sob efeito de álcool, sendo autuados pela prática, e um se recusou a fazer o teste.

Os agentes da segurança pública identificaram ainda outros três motoristas que não possuíam Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e nove conduziam veículo sem registro ou não licenciado.

Nesta operação, foram registrados 29 Autos de Infração de Trânsito (AITs). Ao todo, 55 veículos foram fiscalizados, dentre eles, 19 foram removidos, dos quais 12 carros e sete motocicletas e outros 24 autuados.

Os agentes recolheram dez documentos, sendo nove CNHs e um Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLVs).

Após adesão do termo, equipes do Departamento de Trânsito do Estado (Detran), Batalhão de Trânsito Urbano e Rodoviário da Polícia Militar (BPMTran), Delegacia de Delitos de Trânsito (Deletran) e do GGI se deslocaram até o município para capacitar o efetivo local a fim de realizarem as operações Lei Seca de forma autônoma.

Na oportunidade, também foram ofertadas ao GGI Municipal de Cáceres materiais de sinalização e apoio, sendo 50 cones, três barreiras sanfonadas, cinco barreiras plásticas horizontais, duas mesas dobráveis, um notebook e duas câmeras GoPro Black Hero 9 para serem utilizados nas operações.