O Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran-MT) orienta os motoristas que pretendem viajar durante o carnaval para checar itens de segurança do veículo e fazer o transporte adequado de crianças, animais e cargas.

Pneus, estepe, óleo do motor, freios, limpador de para-brisa e todo o sistema elétrico como faróis, lanternas, setas e piscas devem estar em perfeitas condições de uso antes de pegar a estrada. Alguns itens importantes e obrigatórios são a chave de roda, o macaco e o triângulo sinalizador.

Conforme gerente de Ações Educativas, Gresiella Almeida, o cinto de segurança deve ser utilizado durante todo o trajeto e as crianças devem ser transportadas nos assentos obrigatórios indicados conforme a faixa etária, como o bebê-conforto, cadeirinha, assento de elevação e demais equipamentos de segurança.

“É fundamental estar atento aos documentos do veículo, que precisam estar regularizados para evitar possíveis transtornos em barreiras de fiscalização de trânsito. A orientação é que o condutor esteja descansado e não ingira bebida alcoólica antes de pegar a direção do veículo. O sono e a embriaguez afetam os sentidos e aumentam os riscos de acidentes”, destaca.

O transporte adequado de criança e animais também é uma preocupação. Crianças de 1 a 4 anos precisam ser acomodadas na cadeirinha. Entre 4 e 7 anos e meio e com até 1,45m de altura, devem circular sentadas no assento de elevação. Já crianças acima de 7 anos e meio e com altura superior a 1,45 metros, devem estar no banco de trás, com cinto de segurança.

Crianças de até 10 anos devem ser transportadas apenas no banco traseiro. No caso das motos, é proibido o transporte de criança menor de 10 anos ou sem condições de cuidar da própria segurança. O transporte de animais, como cães e gatos, deve ser feito com guia adaptada ou caixas específicas individuais de fixação ao veículo.

“A população deve prestar atenção às bagagens transportadas e tomar cuidado para não sobrecarregar o veículo com excesso de peso, além de não transportar objetos soltos dentro do carro, pois em uma frenagem mais brusca, os objetos podem se deslocar e causar lesões aos ocupantes do veículo”, explica Gresiella, que também pede atenção para a documentação em dia do motorista e do veículo.

Outras dicas de segurança:

– Respeitar os limites de velocidade;

– Estar atento e respeitar a sinalização; 

– Utilizar o GPS somente no suporte do veículo;

– Ajuste no GPS ou som devem ser feitos com antecedência;

– Acenda os faróis do veículo se for trafegar em rodovias, mesmo durante o dia;

– Ao dirigir, utilize sempre calçados firmes aos pés;

– Se for trafegar em motocicletas, use sempre o capacete.



(Com supervisão de Lidiana Cuiabano e edição Rose Domingues)