Os casos de homicídios dolosos, quando há a intenção de matar, reduziram em 43% na Capital, em 2021, em um comparativo com 2020. Foram 36 crimes a menos em relação ao ano anterior. Os dados são do Observatório de Segurança Pública, setor de estatística da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp).

Em 2020, a Sesp registrou 83 crimes de homicídio doloso em Cuiabá. No ano seguinte, o número de casos caiu para 47 crimes, o que representa uma queda de 43,4% em um comparativo entre os dois anos.

Em Várzea Grande, a redução foi de 26% fazendo um comparativo com os dois últimos anos. O levantamento mostra que as forças de segurança registraram 36 crimes no ano passado, porém, no ano de 2020, os casos identificados como homicídio doloso chegou a 49 crimes. Isso representa uma redução de 26,5% em comparação com os dois anos. Foram 13 crimes a menos que o ano anterior.

O Estado de Mato Grosso também registrou queda nos casos de homicídios dolosos durante o ano de 2021, com 62 crimes a menos que o número do ano anterior. Em 2020, a Sesp registrou 810 crimes, porém no ano seguinte a quantidade chegou a 748. Uma redução de 7% em relação ao ano anterior.

Morte de mulheres

Já os feminicídios registraram queda de 31% fazendo um comparativo com os casos dos dois últimos anos em Mato Grosso. Em 2020, o Estado identificou 62 casos de morte de mulheres por seus parceiros em detrimento de conflitos de relacionamento. Em 2021, o número de registros caiu para 43, o que representa 19 crimes a menos que o ano anterior.

No ano passado a Capital foi a cidade que registrou o maior número desse tipo de crime. Ainda conforme o levantamento, ocorreram cinco feminicídios em Cuiabá e dois em Várzea Grande. Os municípios de Sorriso, Rondonópolis, Sinop e Lucas do Rio Verde identificaram três casos cada.