O concurso público que vai reforçar o quadro de servidores da Polícia Militar (PM), da Polícia Civil, do Corpo de Bombeiros Militar (CBM) e da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), contabilizou 67.834 inscrições em seis polos distintos: Cuiabá, Várzea Grande, Rondonópolis, Sinop, Barra do Garças e Cáceres.

O dado é um levantamento preliminar da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), realizadora do concurso, pois até o dia 11 de fevereiro o certame encontra-se na etapa de recurso contra indeferimentos da inscrição. As provas objetivas serão realizadas no dia 20 de fevereiro.

Ainda de acordo com o levantamento, 35.117 pessoas se candidataram para os cargos de escrivão e investigador da Polícia Civil, sendo 14.408 para o polo de Cuiabá. Já 18.542 pessoas se candidataram para o cargo de soldado da PM, 3.090 para o cargo de oficial da instituição e 330 para o cargo de oficial do quadro de saúde da PM.

Já a Politec, contou com 6.039 inscrições para os cargos de perito oficial criminal, perito médico legista e perito odonto legista, sendo 3.308 para o polo de Cuiabá. E para o cargo de soldado do CBM foram 4.034 inscrições e 682 para o cargo de oficial da instituição.

As cidades com maior número de inscritos nos sete editais foram: Cuiabá (28.118), Barra do Garças (10.562), Sinop (8.200), Rondonópolis (8.046), Cáceres (7.339) e Várzea Grande (5.569).

Apesar de todas serem vagas para formação de cadastro de reserva, o Governo de Mato Grosso pretende nomear ainda neste ano 1.200 servidores aprovados no concurso. O certame tem validade de dois anos, podendo ser prorrogado por mais dois anos.

Mais informações pelo site: https://www.concursos.ufmt.br/Portal/ ou pelo email concursos@ufmt.br.