O secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, César Miranda, participa nesta semana da Gulfood, principal feira de alimentos e bebidas do Oriente Médio, que acontece em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos.

Nesta quarta-feira (16.02), ele se reuniu com representantes da Apex Brasil e conversou com empresários para expansão do mercado das proteínas animal e vegetal, produzidas no Estado, para os Emirados Árabes Unidos.

“Essas missões no exterior são importantes para a abertura de mercado e para entender como posicionar o Estado dentro do cenário mundial como um dos maiores players no que diz respeito à produção de proteínas animal e vegetal”, destacou Cesar Miranda.

Na avaliação do secretário, Mato Grosso tem papel de destaque “por ter assumido o protagonismo ao colocar em prática a produção sustentável, estando aliadas a qualidade e a quantidade”.

Para Antônio Lopes, analista de negócios da Apex Brasil que atua nos Emirados, o mercado está aberto para produtos que o Estado é líder em produção. “O importante é entender e agregar valor aos produtos e ter a indústria participando junto com o estado”, destacou, acrescentando que essa agenda é de médio e longo prazo.

O representante do Instituto Mato-Grossense da Carne (Imac) no evento, Bruno de Jesus Andrade, ressaltou que o trabalho precisa ser constante, uma vez que na pecuária “tudo é feito hoje para que os resultados sejam colhidos entre 5 a 10 anos”.

“Uma agenda permanente e com presença no mercado mundial é fundamental para que sejamos mais competitivos”, disse.

“Sabemos dos nossos entraves de logística e para superarmos isso precisamos ter um produto melhor e com bons parceiros comerciais. O que queremos e estamos plantando é para que, daqui um tempo, quando os empresários olharem para o Brasil, o pensamento seja em investir em Mato Grosso”, finalizou Cesar Miranda.

Também acompanham as agendas a secretária de Estado de Comunicação, Laice Souza, o presidente do MT Par, Wener Santos, a assessora de Assuntos Internacionais, Rita Chiletto, a vice-presidente da Associação dos Aquicultores do Estado de MT (Aquamat), Patrícia D’Oliveira Marques, o secretário de Turismo de Chapada dos Guimarães, Alexandre Severino, e o professor da IFMT, Adriano Breuning.