Uma carga de materiais de construção furtada em Rondonópolis (212 km ao sul de Cuiabá), foi recuperada pela Polícia Civil, na quarta-feira (12.01), durante investigação da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) do município.

Os produtos avaliados em aproximadamente R$ 60 mil, foram apreendidos em uma residência no bairro Parque Universitário. Na ação um casal foi preso em flagrante pelo crime de receptação.

O crime ocorreu na segunda-feira (10.01), ocasião em que foram subtraídos de uma obra no bairro Jardim da Mata, grande quantidade de materiais de construção.

Os policiais civis em diligências para apurar a ocorrência, identificar os autores e recuperar os objetos furtados, conseguiram através das imagens de câmeras de segurança próximas do local, verificar a placa do automóvel utilizado na prática criminosa.

Na checagem foi descoberto um endereço no bairro Parque Universitário de uma loja de construção. Então a equipe foi até o local, e confirmou que o veículo investigado era do proprietário do estabelecimento, porém, estava sendo usado por uma outra pessoa.

Ato contínuo o suspeito que estava na posse do veículo foi localizado, e durante entrevista alegou que havia comprado os materiais de construção de um indivíduo, mas não sabia informar o nome e o endereço do mesmo.

Em seguida os investigadores foram até a casa do suspeito. Chegando na residência a esposa dele tentou ludibriar a equipe, levando até outro imóvel e dizendo que não tinha as chaves da própria casa. 

Após ser informada que o imóvel teria o portão da frente arrombado, a mulher resolveu abrir a casa, onde foram encontrados inúmeros materiais de construções de origem duvidosa, além de parte dos materiais de construção subtraídos do furto em investigação. Na residência também foi localizada uma espingarda de pressão aparentando estar adulterada para arma de fogo calibre 22.

Indagado acerca dos outros produtos de origem ilícita, o suspeito disse somente que comprou os materiais que ali estavam. Já esposa afirmou que sabia que seu marido havia comprado produtos de crime, e o ajudou a esconder a rés furtiva dentro de sua casa.

Todos os materiais que estavam sem nota fiscal foram apreendidos, e devido à quantidade de produtos, a vítima auxiliou os policiais civis enviando um caminhão para fazer o frete das apreensões.

Diante do flagrante, o casal (ele 33 anos e ela 28 anos), foi conduzido até a Derf de Rondonópolis, interrogado e autuado pelo crime de receptação.

As investigações continuam para total esclarecimento do furto, bem como para identificar eventuais vítimas.

O Saiba Tudo Mato Grosso (MT) é um site sem vínculos partidários, sem preconceitos ideológicos e não está a serviço de grupos econômicos. O nosso valor é a qualidade da informação.