Um homem que mantinha relações sexuais com a própria filha desde os seus sete anos de idade teve o mandado de prisão cumprido, na segunda-feira (03.01), após investigações da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher Criança e Idoso de Várzea Grande.

O suspeito, de 42 anos, é sargento da Polícia Militar e tinha guarda da filha (atualmente com 10 anos de idade) com quem mantinha relações sexuais reiteradamente.

O fato foi revelado após familiares desconfiarem dos abusos e, em conversa, com a menina conseguir a confirmação de que o pai mantinha relações sexuais com ela. Após receber a comunicação dos fatos, a equipe da DEDMCI-VG iniciou as investigações e por meio da oitiva especial, a menor deu detalhes de como ocorriam os abusos.

Diante dos fatos, o delegado da DEDMCI-VG, Afonso Monteiro da Silva Junior, representou pelo mandado de prisão preventiva do suspeito, que foi deferida pela Justiça e cumprida, na segunda-feira (03), com apoio da Polícia Militar.

Ele foi conduzido à Delegacia da Mulher de Várzea Grande e ao ser interrogado, negou os fatos. Após as providências cabíveis, ele será conduzido nesta terça-feira (04) para audiência de custódia.

O Saiba Tudo Mato Grosso (MT) é um site sem vínculos partidários, sem preconceitos ideológicos e não está a serviço de grupos econômicos. O nosso valor é a qualidade da informação.