Sete motoristas foram presos por embriaguez ao volante durante a 6ª Operação Lei Seca, realizada na tarde deste domingo (30.01), na Avenida Mário Andreazza, KM 01, em Várzea Grande.

Durante a ação foram realizados 96 testes de alcoolemia. Destes, 12 condutores foram flagrados dirigindo sob efeito de álcool, sendo autuados pela prática e outros cinco se recusaram a fazer o teste.

Os agentes da segurança pública identificaram ainda outros 13 motoristas que não possuíam Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e 25 conduziam veículo sem registro ou não licenciado.

Nesta operação, foram registrados 77 Autos de Infração de Trânsito (AITs). Outros 15 motoristas assinaram Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), sendo 13 não habilitados, entre eles, dois menores de idade, um por conduzir veículo gerando perigo de dano e outro em posse de entorpecentes.

Ao todo, 100 veículos foram fiscalizados, dentre eles, 38 foram removidos, dos quais 28 carros e dez motocicletas. Outros 42 foram autuados. Os agentes recolheram 11 documentos, sendo dez CNHs e um Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLVs).

Sobre a operação

A Operação Lei Seca é uma ação integrada, coordenada pelo Gabinete de Gestão Integrada da Secretaria de Estado de Segurança Pública (GGI-Sesp) e nesta edição contou com a participação do Batalhão de Trânsito Urbano e Rodoviário da Polícia Militar de Mato Grosso, da Delegacia de Delitos de Trânsito (Deletran), da Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso (PJC-MT), do Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran-MT), do Serviço de Operações Penitenciárias Especializadas (SOE) e da Guarda Municipal de Várzea Grande.