O Governo do Estado disponibilizou nesta semana mais 10 leitos de UTI e 10 de enfermaria para o tratamento da Covid-19 em Mato Grosso. As novas vagas foram ampliadas no Hospital Metropolitano, em Várzea Grande, e no Hospital e Pronto Socorro Municipal de Cuiabá.

Nesta quinta-feira (27.01), foram abertas no Hospital e Pronto Socorro Municipal de Cuiabá, em parceria com a Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT), 10 novas vagas. Inicialmente, a SES irá financiar 100% do funcionamento, ou seja, R$ 2 mil a diária de cada um desses 20 novos leitos.

Esse valor será pago até que o município consiga a habilitação do leito por parte do Ministério da Saúde. Depois de autorizado e habilitado, o Governo Federal deverá investir R$1.600 e o Estado completará a diária com R$ 400.

Com essa ampliação, o hospital contará com o total de 30 leitos de UTI e 121 leitos de enfermaria para o tratamento da doença.

Na terça-feira (25.01), foram disponibilizados 10 novos leitos de enfermaria no Hospital Metropolitano, em Várzea Grande. A unidade hospitalar atua como a principal referência estadual para o atendimento de pacientes com coronavírus e tem 100% da sua atividade destinada ao atendimento de demandas causadas pela Covid-19.

Com essa ampliação, o local passará a contar com o total de 60 leitos de enfermaria e 50 leitos de UTI para o tratamento da doença.

Além deste incremento, está previsto para esta sexta-feira (28.01) a disponibilização de 20 vagas de UTI no Hospital Regional Hilda Strenger Ribeiro, em Nova Mutum. Os leitos serão abertos em parceria com a Prefeitura do município. Na Rede Estadual, devem ser ampliados ainda na sexta-feira cinco novos leitos de enfermaria no Hospital Regional de Cáceres.

Balanço

Entre os dias 17 e 22 de janeiro, o Governo de Mato Grosso, por meio da SES-MT, abriu 60 novos leitos para o tratamento da Covid-19, sendo 30 leitos de UTI e 20 de enfermaria no Hospital Metropolitano e 10 leitos intensivos em parceria com o município de Primavera do Leste, no Hospital e Maternidade São Lucas.