Jorginho não será o técnico do Cuiabá em 2022. O clube anunciou que não renovará o contrato com o treinador, que comandou o time em 31 jogos no Brasileirão e alcançou o objetivo de manter o time na elite do Brasileirão. Diretoria do Dourado e Jorginho não comentaram o motivo da não renovação.

O Cuiabá foi sucinto na sua nota de despedida e só informou que o contrato, que termina no fim de dezembro, não será renovado.

– O Cuiabá EC informa que não renovará o contrato do treinador Jorginho para a temporada 2022. O Cuiabá agradece pelos serviços de Jorginho no Campeonato Brasileiro deste ano e deseja sucesso no decorrer de sua carreira – diz a nota.

Jorginho assumiu o Cuiabá em julho, na 10ª rodada do Brasileirão. Na trajetória dele no Dourado acumulou 31 jogos, com 10 vitórias, 13 empates e oito derrotas. Um aproveitamento pouco superior a 46% dos pontos disputados.

Jorginho agradeceu à todos no clube e aos torcedores, e relembrou as conquistas no Brasileirão e diz ter a sensação de dever cumprido.

Veja a nota do técnico na íntegra:

Gostaria de agradecer ao Cuiabá por todo período de trabalho. Agradeço a direção, aos funcionários, a imprensa, aos torcedores por toda recepção e pelo dia a dia maravilhoso de trabalho, com certeza foi um dos melhores ambientes que passei.

Aos atletas, meus mais sinceros agradecimentos, sem dúvidas ficarão para sempre marcados na história do Cuiabá e em minhas memórias por tudo que vivemos juntos, pelo comprometimento e dedicação.

Chegamos ao clube com a missão de garantir a permanência na Série A e conseguimos uma classificação a Sul-Americana – saio com a sensação de dever cumprido e com a certeza que todos entregaram o que tem de melhor em prol deste clube.

Desejo sorte ao clube na sequência do projeto e agora serei mais um torcedor do Dourado. Obrigado!