Uma edificação de três andares desabou no Morro do Salgueiro, na Zona Norte do Rio, na noite desta quarta-feira (17). Uma pessoa morreu e três ficaram feridas. De acordo com o Corpo de Bombeiros, não havia mais ninguém sob os escombros na manhã desta quinta (18).

Carlos Eduardo, de 22 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu. O desabamento aconteceu por volta das 20h na Rua Francisco Graça.

Homens do Corpo de Bombeiros do quartel da Tijuca foram acionados e posteriormente receberam apoio da unidade de Vila Isabel e do 1º e 2º Grupamento de Socorro Florestal e Meio Ambiente.

Inicialmente, os bombeiros informaram que o imóvel que ruiu tinha quatro andares. Durante a madrugada desta quinta (17), a corporação informou que a casa tinha, na verdade, três andares.

Segundo os bombeiros, até às 21h49, três pessoas foram retiradas do local com vida: uma mulher e uma criança de 4 anos foram levadas para o Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier, e outra mulher em estado grave foi levda para o Souza Aguiar, no Centro do Rio.

No local, moravam oito pessoas.

Bombeiros usam cães farejadores e drones

Após a localização da quarta pessoa vítima do desabamento da edificação no Morro do Salgueiro, e que morreu no local, homens do Corpo de Bombeiros passaram a usar cães farejadores e drones para fazer uma varredura nos escombros e tentar localizar mais vítimas.

A Defesa Civil vistoriou outros imóveis na região, não constatou risco de novos desabamentos e moradores puderam voltar para suas casas.